Esportes

Stroll saúda o “grande dia” para a Aston Martin 

Compartilhar

Lance Stroll saudou o Grande Prêmio do Qatar no domingo como um “grande dia” para Aston Martin, depois que o canadense liderou uma classificação de dois pontos para a equipe, levando P6, enquanto Sebastian Vettel terminou em 10º.

Stroll e Vettel estavam entre os 11 pilotos que optaram por fazer uma estratégia de parada única funcionar no Grande Prêmio do Qatar, com Stroll liderando para casa apenas o terceiro resultado de dois pontos da equipe em uma temporada de 2021 que em grande parte falhou em corresponder as expectativas em seu primeiro ano de volta como equipe de trabalho.

“Foi um ótimo resultado e uma grande corrida”, disse Stroll. “O carro estava muito bom hoje. Tivemos uma boa largada, ultrapassamos [Yuki] Tsunoda na primeira passagem e então começamos a pegar o grupo à frente, [Esteban] Ocon, [Carlos] Sainz – e eliminamos Sainz para o P6. Então, realmente tivemos um bom ritmo e fui capaz de atacar todas as voltas e eu estava se sentindo bem com o carro”.

1354698960
Stroll estava no meio da ação

Questionado sobre como o resultado pode mudar o clima da equipe – que atualmente está no P7 da classificação dos construtores, 35 pontos atrás da AlphaTauri – Stroll respondeu: “É um ótimo dia para a equipe, mas não acho que realmente mude a nossa posição de construtores no campeonato ou algo assim, acho que ainda estamos bem longe das equipes que estão à nossa frente. Mas foi apenas um dia positivo e o carro estava funcionando bem, então fiquei feliz com isso”.

Após a qualificação, parecia que Aston Martin seria liderado na corrida por Vettel, com o alemão fazendo Q3 enquanto Stroll saia no Q2. Mas começando P10 no grid, uma fuga desastrosa colocou Vettel em 17º no final da volta 1 – com o tetracampeão fazendo um trabalho decente para se recuperar para P10 na bandeira, apenas pela terceira vez, depois de Mônaco e França, que ambos Aston Martins marcaram na mesma corrida.

“Estávamos basicamente na parte de trás do pelotão depois da Curva 1, então uma recuperação razoável, mas não ideal porque perdemos muito terreno”, disse Vettel.

“Hoje, sim, o carro foi rápido e me senti muito bem, então acho que há pontos positivos,” acrescentou Vettel. “Mas como eu disse, Curva 1 eu estava um pouco apertado, não tinha para onde ir, tentei dar a volta por fora, mas talvez estivesse um pouco mais arenoso do que eu esperava”.

“Então o ritmo estava bom para voltar, mas acho que deveríamos ter marcado mais hoje”.

Fonte: Fórmula 1


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo