News

Pesquisa científica constata natureza pró-social de crianças

Compartilhar

Mayara Wenice de Medeiros venceu o Prêmio CAPES de Tese 2021 na área de Psicologia com um estudo sobre o comportamento pró-social das crianças e a sua busca pela aceitação social. O trabalho, realizado durante seu doutorado na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), foi conduzido com crianças residentes em zonas urbanas comunidades rurais e quilombolas do interior do Rio Grande do Norte.

Medeiros tentou entender como fatores como o ostracismo, um termo utilizado para se referir a exclusão social sofrida por um indivíduo por parte de um grupo, ou pertencimento a grupos com culturas mais interdependentes,  poderiam determinar o comportamento pró-social na infância. Ela também investigou como a influência de um priming pró-social, isto é, a estimulação cognitiva através de uma pista sutil do ambiente, seria decisivo para instigar um comportamento de ‘partilha’ pelas crianças, e a existência de mecanismos da ‘cognição implícita’ para mensurar a preferência de crianças por comportamentos pró-sociais ou antissociais.

A psicóloga diz que encontrou em crianças pertencentes a comunidades quilombolas um percentual de partilha significativamente menor que as crianças de zonas urbanas. Contudo, elas apresentam uma preferência implícita pró-social mais elevada que as crianças das zonas urbanas. As crianças das zonas rurais, não pertencentes as comunidades quilombolas, apresentam um padrão intermediário de partilha, não se diferenciando de nenhum dos outros dois grupos.

Contudo, assim como as crianças das comunidades quilombolas, elas apresentam uma maior preferência por comportamentos pró-sociais que as crianças das zonas urbanas. “Acreditamos que esses resultados podem ser explicados por fatores ecológicos, como o acesso ao recurso, e fatores culturais e a aprendizagem social do grupo de pertencimento, considerando que comunidades quilombolas e rurais são, de forma geral, mais coletivistas”, afirma Mayara. De acordo com a psicóloga, a cultura é um dos aspectos mais peculiares da espécie humana e possui influência sobre o desenvolvimento da pró-socialidade.

Fonte: https://www.gov.br/capes

Ver também:

Conheça como funciona o trabalho de uma OSCIP que resgata animais em situação de risco e abandono.

Como estabelecer metas de estudos.

 A educação de alta qualidade já está ao alcance de todos e em qualquer lugar.


O ensino de alta qualidade já está ao alcance de todos e em qualquer lugar. Educação de Ensino em Casa, Jardins de Infância e Escolas, com cursos educacionais pré-escolar, ensino básico, fundamental e médio!

Gratuitamente, clique e comece já!

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Joice Maria

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre as atualidades sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »