Esportes

Duplas do vôlei de praia vão à final e garantem mais quatro vagas ao Brasil em Santiago 2023

Compartilhar

Independentemente do título, regulamento prevê que melhor dupla sul-americana do torneio está classificada para o Pan adulto.

O torneio de vôlei de praia nos Jogos Pan-americanos Júnior Cali 2021 ainda nem acabou, mas uma coisa é certa: o Time Brasil já está classificado nas chaves feminina e masculina para os Jogos Pan-americanos Santiago 2023. Ao avançarem à final, Victória/Thainara e Rafael/Renato Andrew asseguraram ao país uma parceria em cada naipe na capital chilena. 

Isso ocorre porque, segundo o manual técnico da competição, a dupla mais bem colocada da América do Sul e outra da América Central/do Norte estão garantidas na próxima edição do Pan adulto. Como as mulheres enfrentarão Porto Rico na decisão e os homens terão Cuba pela frente, as vagas ficaram com o Time Brasil.

“É muito legal ter conquistado essa vaga, e agora vamos em busca do ouro. Estou muito ansiosa para o jogo”, disse Victória Lopes, que, ao lado de Thainara, venceu duas partidas nesta sexta-feira, 4. Primeiro contra Janina/Laura, do Paraguai, por 21/13 e 21/12; e depois contra Allcca/Gaona, do Peru, com parciais de 21/14 e 21/17. 

As brasileiras, que têm 100% de aproveitamento até aqui e não perderam um set sequer na competição, enfrentam neste sábado, às 17h (horário de Brasília), as porto-riquenhas González/Navas.

Já no masculino não houve rodada dupla como no feminino, e os irmãos gêmeos Rafael e Renato fizeram 21/17 e 21/18 sobre Droguett/Aravena, do Chile.

“Chegar à final era o grande objetivo, mas agora queremos o título”, falou Rafael.

“Estava com saudade da energia da torcida, seja ela contra ou a favor. Damos um gás a mais com os torcedores na arquibancada e isso nos ajuda demais dentro de quadra”, completou Renato.

Outros destaques do dia

Ainda no vôlei, mas dessa vez na quadra, a seleção feminina avançou às semifinais na liderança do grupo após derrotar a República Dominicana por 3 a 1 (25/17, 24/26, 25/22 e 25/9).

“Terminar em primeiro do grupo fortalece o otimismo por passar de fase sem derrotas. A equipe está se solidificando neste sentido, porque todos os jogos foram difíceis e conseguimos evoluir jogo a jogo”, afirmou Wagão, treinador da equipe.

O único ouro do Time Brasil nesta sexta veio no atletismo, com o revezamento 4x400m. Foram ainda 5 pratas e 2 bronzes na modalidade. As medalhas vieram ainda no tênis, no wrestling, no nado artístico e no karatê.

Fonte: COB


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »