News

RR: Profissionais de saúde são treinados para realizar o diagnóstico precoce da hanseníase

Compartilhar

A capacidade de detecção e tratamento da hanseníase está sendo aprimorada pelo Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde). Uma das medidas é o reforço da qualificação de 234 profissionais de saúde, de todos os 15 municípios do Estado, da atenção básica e especializada, que estão participando do curso “Prevenção de Incapacidade Física e Autocuidado em Hanseníase’, no auditório da CGVS (Coordenadoria Geral de Vigilância  em Saúde).

O treinamento está sendo executado pelo Núcleo de Controle à Hanseníase, da CGVS, em parceria com o Ministério da Saúde, Fundação Alfredo da Matta,  que é referência nacional em combate a essa doença no Brasil, UEA (Universidade Estadual do Amazonas) e Univirr (Universidade Virtual de Roraima). O foco é melhorar o cuidado aos pacientes e o fluxo de atendimento.

“É tempo de reforço na qualidade da saúde roraimense em todos os níveis de atenção e, para isso, é preciso garantir que os profissionais estejam capacitados para atender as demandas, como é o caso da hanseníase. E, com estes profissionais sendo qualificados, eles poderão logo no primeiro atendimento, fechar o diagnóstico sem precisar encaminhar o paciente até a Capital”, destacou o governador.

O curso que envolve teoria e prática reúne médicos, enfermeiros, bioquímicos, fisioterapeutas, técnicos em enfermagem, técnicos em laboratório, trabalhadores das unidades básicas dos municípios, profissionais do Hospital Coronel Mota, Sistema de Saúde Prisional e Laboratório Central de Saúde Pública de Roraima.

“Os nossos profissionais estão sendo capacitados por professores especialistas em hansenologia, então, sairão daqui bem mais preparados para realizar o diagnóstico precoce na unidade onde atuam, principalmente no interior, com foco em tratar precocemente a doença e evitar complicações graves”, enfatizou a gerente do Núcleo de Controle da Hanseníase, Rita Fonseca.

EM RORAIMA NÚCLEO ESTADUAL REALIZA MONITORAMENTO DOS DADOS

O Núcleo monitora, semanalmente, por meio de sistema de informações que cada município alimenta, o cenário epidemiológico da doença no Estado, bem como presta o auxílio de forma presencial na busca ativa dos pacientes.

“O contato frequente com as coordenações municipais de Vigilância em Saúde é fundamental para detectar falhas e identificar pontos que podem ser melhorados no atendimento ao paciente. O foco é manter sempre a equipe qualificada e pronta para o controle efetivo de casos e evitar a continuidade da cadeia de transmissão da hanseníase e diminuição das incapacidades geradas pela doença”, reforçou.

Fonte: Governo de Roraima


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »