News

Especialistas discutem em seminário ações para pecuária sustentável no Pará

Compartilhar

A Sedap foi uma das realizadoras da programação, que também teve o apoio do Projeto “Novabov: Sustentabilidade da Cria ao Bife”.

Nos últimos dois dias, representantes do Estado, dos produtores rurais, de frigoríficos, mercado, organizações de produtores, técnicos de assistência técnica e extensão rural, bancos, acadêmicos e de outros segmentos sociais discutiram estratégias mais sustentáveis para a produção pecuária.

O Seminário “Pecuária do Futuro: Estratégia do Estado do Pará para mercado, rentabilidade econômica e compliance ESG (Governança Ambiental, Social e Corporativa)” foi encerrado nesta sexta-feira (10), na sede da Federação da Agricultura e Pecuária do Pará ( Faepa), em Belém.

A programação foi promovida pelo Governo do Pará, por meio das secretarias de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap) e de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), e do Instituto de Terras do Pará (Iterpa), com apoio do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam), da Faepa e da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura do Estado do Pará (Fetagri).

O evento também teve o apoio do Projeto “Novabov: Sustentabilidade da Cria ao Bife”, cujo objetivo é contribuir com a regularidade ambiental e o aumento da produção bovina sem prejuízo ao meio ambiente, colaborando para a sustentabilidade da cadeia da pecuária em longo prazo, com ênfase em mercado, rentabilidade econômica e compliance ESG na Amazônia Legal.

O secretário adjunto, Lucas Vieira, foi um dos representantes da Sedap, junto com a diretora Agropecuária, Kamila Leão, e os técnicos Márcia Tagore, Alexandre Galvão, Augusto Peralta e Antonieta Priante. Seguindo todos os protocolos de segurança contra a Covid-19, o seminário discutiu a elaboração de estratégia estadual para uma pecuária sustentável de baixas emissões.

Referência – Lucas Vieira ressaltou que o Pará vem se tornando uma referência em sustentabilidade na cadeia da pecuária. Segundo ele, o Estado, por meio de ações executadas dentro do Programa Territórios Sustentáveis (TS), está levando orientações e capacitação aos produtores rurais. “A Sedap é um dos órgãos que atuam no Programa Territórios Sustentáveis, atendendo produtores de São Félix do Xingu, na Região de Integração Araguaia, e demais municípios ao longo da Rodovia PA-279, com sistemas rotacionados. O produtor, assim, melhora a pastagem e consegue ter um ganho de produção muito maior, numa área menor”, informou o secretário adjunto.

Os grupos de trabalho foram divididos pelos eixos temáticos: Regularização fundiária; Regularização ambiental; Melhoria produtiva e tecnológica; Rastreabilidade e instrumentos econômicos, e Clima e ativos ambientais.

Fonte: Agência Pará


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »