News

SP: Etec de Monte Aprazível tem projeto de plantio de cacau

Compartilhar

Escola reservou área de mil metros quadrados onde foram plantadas 50 mudas da fruta; alunos estudam desenvolvimento da espécie.

Um projeto da Escola Técnica Estadual (Etec) Padre José Nunes Dias está ajudando a diversificar a produção agrícola na Região de São José do Rio Preto. Em parceria com a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo e com a Fatec Rio Preto, a Etec dedicou uma área de mil metros quadrados da escola para o plantio de cacau.

Os maiores produtores da fruta no Brasil são os estados do Pará e da Bahia, mas cerca de cinco propriedades da Região de São José do Rio Preto estão investindo na nova cultura. “Estamos trabalhando na Etec para aprender e difundir tecnologia para o plantio do cacau”, explica o professor responsável pelo projeto na Etec, Antônio Donizetti Sonego.

O projeto começou em 2019 e já envolveu mais de 200 alunos dos cursos de Agropecuária e Meio Ambiente. Como a planta precisa de sombra para sobreviver aos primeiros anos de cultivo, as mudas foram cultivadas junto a bananeiras e seringueiras – são cerca de 50 mudas, que dão frutos após três anos.

Além do cultivo da espécie, existem planos de transformar a região em polo de beneficiamento de cacau. “A produção de São Paulo tem que ser beneficiada na Bahia para depois voltar para as indústrias locais”, explica Sonego.

O professor avalia que o mercado de cacau possa trazer muitas oportunidades para os alunos. “Queremos que nossos estudantes sejam difusores e consultores de tecnologia na cultura do cacau”, conclui.

Fonte: Governo de São Paulo


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »