News

MT: Alunos da Escola Estadual Filogônio Corrêa vencem mostra científica com projeto de óleo de pequi

Compartilhar

O óleo produzido pode ser utilizado para refogar arroz, temperar saladas e outros alimentos.

Os estudantes do Ensino Médio, da Escola Estadual Filogônio Corrêa, no Distrito de Nossa Senhora da Guia, André Joaquim e Heverton Eváriston, foram os vencedores da II Mostra Científica Virtual de STEAM, sigla em inglês que significa Ciências, Tecnologia, Engenharia, Arte e Matemática. O projeto dos alunos consiste na extração artesanal de óleo de pequi.

A Mostra foi realizada pela Secretaria Estadual de Educação (Seduc) para fortalecer as atividades nas escolas e incentivar professores e alunos.  A ideia do projeto foi sugerida pelos estudantes e todo o processo foi orientado pelo professor de química, Roger Vinicius Nunes Queiroz da Costa.  “Primeiramente eu não acreditei, mas quando o professor me confirmou fiquei muito lisonjeado com essa notícia”, relatou o estudante Heverton sobre a conquista do primeiro lugar na competição.

A diretora da escola, Layane Queçada Schultz, destaca que a iniciativa contribuiu para formação dos estudantes em várias disciplinas.“Com esse projeto eles viram que tudo que eles quiserem e tiverem propósito, eles são capazes de conseguir. Toda a comunidade da Guia está orgulhosa do trabalho dos meninos”, afirmou a diretora.

O óleo produzido pode ser utilizado para refogar arroz, temperar saladas e outros alimentos, como um azeite. Além disso, o produto também pode ser usado para aliviar dores no corpo e no tratamento de doenças respiratórias, como bronquite.

A atividade trabalhou o resgate da cultura regional e o conhecimento nas áreas de Química, Física e Biologia desenvolvendo conceitos como os processos de separação de misturas; ecologia; botânica e regra de três. O trabalho científico também estimulou o empreendedorismo e o protagonismo nos estudantes.

Nesta terça-feira (14.12), a diretora da escola e os estudantes ganhadores foram recebidos pelo secretário adjunto Executivo da Seduc, Amauri Fernandes e o Superintendente de Relacionamento Escolar, Saulo Scariot para apresentar os produtos confeccionados com o fruto típico da região.

“Achei impressionante a capacidade dos alunos  em utilizar um material diferente, pois eles fizeram muito com tão pouco. A II Mostra Científica STEAM revela talentos escondidos dentro das salas de aula –  esses estudantes desenvolveram um legado para toda comunidade”, destacou Saulo.

Fonte: Governo do Mato Grosso


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »