CulturaHistóriaLivros

O Império do Brasil e o Reino de Israel: Amor milenar – O primeiro Imperador do Brasil na Terra Santa

Compartilhar

D. PEDRO II NA TERRA SANTA

Estamos em franco processo de bate-papos, entrevistas e editorial com o autor, Prof. Dr. Reuven Faingold. Nosso amigo e verdadeiro “maestro” de História, hoje fala conosco a partir de Kfar Saba, próximo a Tel Aviv, Israel. Logo virá a matéria completa, com vídeos e entrevistas.

Todavia, considerando nossos seletos leitores, uns apaixonados por História da Monarquia, outros por História do Brasil, outros ainda são judeus, judaizantes, muçulmanos ou cristãos, todos mergulhados no conhecimento do Oriente Médio e História de Israel; sim, impulsionado por não poucos desses eruditos, decidi aguçá-los desde já com a prévia do que está por vir.    

Dentre as fontes, e fatos impressionantes, destacamos: 2 de setembro de 2018, o Museu Nacional do Rio de Janeiro foi atingido por um incêndio. Uma Torá (Bíblia) estava ali guardada. Dias depois, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) confirmou que nove rolos de pergaminhos da Torá haviam escapado intactos do sinistro que devastou por completo o museu. A Torá estava entre milhares de peças que faziam parte do acervo cultural da instituição.

Prof. Reuven Faingold, por meio do selo Sêfer, nos brinda com um grande tema, guardado a sete chaves no Museu Imperial de Petrópolis: a inesquecível viagem de D. Pedro II à Terra Santa em 1876.

Na imensidão de pedras preciosas desse histórico, não precisamos garimpar; simplesmente tropeçamos nas joias:

“[…]

Após visitar os Estados Unidos, Europa, Escandinávia e Rússia, o Imperador D. Pedro II concretiza um dos maiores sonhos de sua vida: conhecer a Terra Santa.

Cavalgando uma égua branca como as neves do monte Hermon, e acompanhado da Imperatriz Tereza Cristina e comitiva de 200 pessoas, o monarca brasileiro examina os lugares mais recônditos da antiga Terra de Israel.

O percurso teve momentos de fortes contrastes: alegrias e tristezas, religiosidade e devoção. Todas as impressões do roteiro foram registradas no “Diário de Viagem à Palestina”. O relato de Sua Majestade é fascinante.

A figura do último Imperador do Brasil ainda não foi devidamente estudada no ambiente de seu tempo. Amado e elogiado, criticado e censurado, D. Pedro II foi um soberano extremamente culto e uma personalidade singular que merece um lugar de destaque na galeria dos grandes vultos do século XIX.

Victor Hugo, na sua obra “O Retorno do Imperador” (1840), afirma que, para o povo brasileiro, D. Pedro II continuará sendo “le petit-fils de Marc Aurêle” [o neto de Marco Aurélio], aquele que fala italiano como um toscano, francês como um parisiense, alemão como um prussiano, e inglês como um professor britânico. Em resumo, a perfeição de todos os Imperadores.

[…]”

Dessas tantas pérolas, impossível não causar êxtase aos mais aguçados a caligrafia do monarca, registrando o diário em francês. Esse é um simples aperitivo do que você há de saborear, na íntegra, em breve.

Junte-se à caravana imperial nessa inesquecível viagem no tempo.

Prof. Dr. Reuven Faingold – Historiador e educador | Doutor em História Geral | PhD em História Judaica pela Universidade Hebraica de Jerusalém | Membro do Congresso Mundial de Ciências Judaicas | Co-fundador da Sociedade Genealógica Judaica do Brasil, em São Paulo | Curador de exposições iconográficas (MASP e SESC) | Escritor da Introdução ao Dicionário Sefaradi de Sobrenomes | Coordenador do Memorial da Imigração Judaica e do Holocausto, em São Paulo.

Dentre as áreas de especialização do Prof. Faingold, destacamos: Judeus e cristãos novos na Península Ibérica | Genealogia Judaica | Judaísmo na História da Arte | Os judeus no Brasil durante o reinado de D. Pedro II | O Holocausto do Povo Judeu.

Fonte e imagens: D. Pedro II na Terra Santa – Diário de Viagem – 1876 – Autor: Reuven Faingold | Editora Sêfer

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Dan Berg

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »