Alimentação

Carambola: estrela tropical

Compartilhar

Merece atenção a conservação e exploração dos recursos vegetais de valor econômico em ambiente tropical, em especial as fruteiras nativas e/ou exóticas, as quais apresentam diversidade de uso, versatilidade no consumo, oferta de vitaminas, fibras naturais, baixo teor de calorias e gorduras. No Brasil, são escassos os pomares e também trabalhos de pesquisa que versem sobre a caramboleira, assim, o pesquisador Paulo Sérgio Rodrigues de Araújo, durante o curso de Doutorado em Agronomia, na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ), da Universidade de São Paulo (USP), nesta pesquisa buscou elencar plantas com produção de frutos para consumo fresco, processamento industrial e porta-enxerto. Para este fim, fez-se necessário levar em consideração as características biométricas das plantas: comprimento, diâmetro, massa, no de gomos e sementes e as físico-químicas: acidez total titulável; sólidos solúveis totais, firmeza da polpa, pH e coloração externa dos frutos. O experimento em campo foi desenvolvido em Mirandópolis-SP, entre 1997 a 1999 em pomar comercial, da seguinte forma: (15 plantas selecionadas; 50 frutos por planta; seis coletas em diferentes épocas) e as avaliações foram realizadas em Piracicaba – SP. Para isso, foram destacadas: uma planta para consumo fresco, outra com potencial para processamento e três foram indicadas como porta-enxertos.

Artigos relacionados

A pesquisa foi desenvolvida com ênfase em Fitotecnia, sendo o experimento realizado em pomar comercial, na propriedade do Sr. Julio Shimasaki, em Mirandópolis – SP. Foram pré-selecionadas 15 caramboleiras (Averrhoa carambola L.), cultivadas em espaçamento 6,0 x 4,0 m (entrelinhas roçadas), submetidas a podas de limpeza e controle fitossanitário preventivo. Realizaram-se se seis coletas, a primeira aconteceu em dezembro de 1996, a segunda em fevereiro de 1996; a terceira em ago de 1997; a quarta em maio de 1998; a quinta em fevereiro de 1999 e a sexta em julho de 1999, constando 50 frutos/planta [análises biométricas (Laboratório Departamento de Produção Vegetal – ESALQ): comprimento, diâmetro, massa, no de gomos e sementes) e três frutos/planta [análise físico-química (Laboratório de Entomologia – Centro de Energia Nuclear de Agricultura – CENA/USP – Piracicaba/SP): acidez total titulável (ATT); sólidos solúveis totais (SST); ratio (ATT/SST); firmeza da polpa, potencial Hidrogeniônico (pH) e coloração da epiderme]. Os dados foram sistematizados, sendo submetidos à análise estatística conforme característica inerente (média aritmética amostral; desvio padrão amostral; intervalo de confiança para média; análise de agrupamento sun ray plot; cluster analysis; estratégia de método aglomerativo hierárquico de ligação pelas médias).

Decorrente do potencial de exploração em área tropical, em especial nas condições de clima e solo dos perímetros irrigados do Nordeste brasileiro, foram selecionadas matrizes de interesse agronômico e fitotécnico (com padrão internacional), com qualidade e potencial de exploração comercial, para consumo fresco e processamento, bem como para adoção como porta-enxerto, considerando a análise do Dendograma e Sun Ray Plot, destacaram-se as seguintes plantas e respectivas caraterísticas: i) duas plantas para consumo fresco (C1: comprimento e massa destacados; baixa acidez (ATT) e elevada dulcilidade (SST), ratificada pela relação obtida pelo ratio (ATT/SST), embora apresente grande quantidade de sementes: C3 valores similares a C1, com reduzida quantidade de sementes; ii) três plantas para porta-enxerto (C1C; C1; C1A), pelo grande quantitativo de sementes; iii) para processamento a planta C2C foi selecionada, considerada a elevada ATT, pequena quantidade de sementes e tamanho entre médio a grande.

WhatsApp Image 2021 11 22 at 14.27.56
WhatsApp Image 2021 11 22 at 14.27.57

Pesquisador(es) Responsável(eis)

Paulo Sérgio Rodrigues de AraújoInstituição(ões)

ESALQ-USPSugestões de leitura

https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-20191220-130952/publico/Araujo

Fonte:

Ver também:

Conheça como funciona o trabalho de uma OSCIP que resgata animais em situação de risco e abandono.

Como estabelecer metas de estudos.

 A educação de alta qualidade já está ao alcance de todos e em qualquer lugar.


O ensino de alta qualidade já está ao alcance de todos e em qualquer lugar. Educação de Ensino em Casa, Jardins de Infância e Escolas, com cursos educacionais pré-escolar, ensino básico, fundamental e médio!

Gratuitamente, clique e comece já!

Print Friendly, PDF & Email

Joice Maria

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre as atualidades sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »