News

As usinas nucleares da Rússia produziram o recorde de 222 bilhões de kWh em 2021

Compartilhar

As usinas nucleares da Rússia produziram no ano passado uma quantidade recorde de eletricidade: mais de 222.436 kWh, disse no sábado a assessoria de imprensa da empresa Rosenergoatom (afiliada da divisão de energia elétrica da corporação Rosatom).

“Em 2021, a Rosenergroatom confirmou sua condição de maior empresa geradora de energia do país mais uma vez. Suas usinas nucleares produziram 222,436 bilhões de kWh”, diz o comunicado à imprensa. A meta de 217,674 bilhões de kWh foi excedida em 2,2%. Em contraste com 2020, a produção de energia elétrica cresceu 3,1%.

A Rosenergoatom atribui essa conquista a dois fatores: o comissionamento do 6º reator da usina nuclear de Leningrado de 1.200 megawatts e a redução dos períodos de ociosidade relacionados a reparos em 107 dias.

Atualmente, Rosenergoatom incorpora 11 usinas nucleares. Trinta e sete reatores estão em operação, incluindo uma usina nuclear flutuante equipada com dois reatores. A capacidade total dos reatores ultrapassa 29,5 gigawatts. Os reatores nucleares respondem por cerca de 20% da geração de energia da Rússia.


Ver também

Para a Russia o cenário político internacional mudou significativamente

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Paulo Fernando De Barros

Colunista e editor para a Noruega em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »