Mundo

Lançado o Anuário Estatístico da Guiné Equatorial 2021

Compartilhar

O Diretor-Geral do Instituto Nacional de Estatística da Guiné Equatorial, Ricardo Nsue Ndemesogo, presidiu esta quinta-feira, 30 de Dezembro, ao acto de lançamento do Anuário Estatístico da Guiné Equatorial deste ano, que contém informação estatística sobre todos os sectores.

Após a apresentação deste documento, que decorreu no Centro Cultural da Guiné Equatorial, Ricardo Nsue Ndemesogo deu a conhecer, através de uma entrevista, a importância deste Anuário Estatístico; lembrando que se trata de um documento que produz o que é todo o Sistema Estatístico Nacional, em coordenação com o Instituto Nacional de Estatística e todos os departamentos ministeriais, bem como outras instituições que integram o Sistema Estatístico Nacional, que colaboram no compilação dos dados estatísticos que aparecem neste documento.

Isso foi feito durante o ano de 2021, para ter o anuário estatístico deste ano que atualizou os dados até 2020.

Relativamente à preparação deste anuário, o Director do INEGE destacou que se encontraram várias dificuldades, entre as quais destacou a falta de registos fiáveis ​​ao nível dos diferentes departamentos ministeriais. Isso nos obrigou a rejeitar muitos dados que nos foram fornecidos, porque ao ver que não são coerentes e que são duvidosos, não podem ser incluídos no anuário.

– “Outra dificuldade é também a falta de gente especializada, gente em matéria estatística que compreenda melhor a linguagem utilizada na produção dos dados estatísticos. No entanto, está em andamento o trabalho de criar uma seção responsável pelas estatísticas em cada ministério com pessoal qualificado.

E outras dificuldades a citar é a falta de dados de interesse que alguns departamentos ainda não tratam, mas deveriam fazê-lo ”, acrescentou.

Por fim, explicou as novidades inseridas neste anuário que não constavam do anterior, como violência de gênero, dados sobre a pandemia de Covid-19, redução de agregados, madeira, sobre o setor universitário nacional e dados sobre a Ouvidoria. Pessoas, ou seja, todos os casos que entraram na Ouvidoria nos últimos anos, informações sobre a administração da justiça, entre outros dados de interesse não menos importante.

Para obter mais informações, visite o site do INEGE.

Fonte: Assessoria de Informação e Imprensa da Guiné Equatorial


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »