News

Turismo tem retomada em 2021 e espera aumento na geração de empregos no setor

Compartilhar

Ministério do Turismo criou selo para incentivar turismo seguro e investiu na melhoria da infraestrutura de cidades.

No ano de 2021, o turismo foi um dos setores que apresentou respostas positivas à retomada da economia. A movimentação econômica do setor de turismo vem registrando crescimento, assim, entre maio e agosto o acúmulo já aponta uma alta de 49,1%, de acordo com dados da Pesquisa Mensal de Serviços, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em 2020, diante da Covid-19, o setor havia apresentado retração de 36% no volume de receitas. Já em relação às contratações, o saldo negativo chegou a 238,6 mil, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Neste ano, entre janeiro e setembro de 2021, as empresas do segmento já haviam registrado um saldo positivo de 167,53 mil postos formais.

O ministro do Turismo, Gilson Machado, ressaltou que as medidas do Governo Federal para a preservação de empregos e o fortalecimento da economia foram importantes para a retomada. “Foram várias medidas tomadas, e as mais importantes foram as que mantiveram os empregos. O maior patrimônio que uma empresa tem é o capital humano”, disse.

Dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), divulgados pelo Ministério do Turismo, projetam a contratação de 478,1 mil trabalhadores formais entre novembro de 2021 e fevereiro de 2022. Deste total, 81,7 mil atenderão a demanda da alta temporada, com vagas temporárias.

O turismo rural e o turismo sustentável também fortaleceram o setor em 2021, de acordo com o ministro. “A maior biodiversidade do mundo está no Brasil. Esse é um grande atrativo econômico que o Brasil tem: é exatamente a sua natureza preservada”, destacou Gilson Machado.

Revitalização de cidades turísticas

E para tornar ainda melhor a experiência dos turistas pelo país, em 2021 foram investidos, até meados de dezembro, R$ 805,9 milhões na entrega de 734 obras apoiadas financeiramente pelo Ministério do Turismo em todas as regiões do país. São intervenções como melhorias de orlas, espaços de eventos, parques e praças públicas.

Neste ano, também foram iniciadas outras 355 obras de infraestrutura turística com recursos do Ministério do Turismo em todo o país, fruto de um investimento de R$ 186 milhões.

As obras apoiadas são realizadas, preferencialmente, nos municípios que integram o Mapa do Turismo Brasileiro, ferramenta do Programa de Regionalização do Turismo que orienta a aplicação de recursos públicos em destinos que adotam o turismo como estratégia de investimento e de retorno econômico.

Impulso para o turismo

O ministro do turismo, Gilson Machado, destacou como um fato importante de 2021 o anúncio, em setembro, de que o Brasil foi escolhido para receber o primeiro escritório regional da Organização Mundial do Turismo, agência das Nações Unidas especializada em Turismo, na América Latina.

“Foi uma vitória nossa, uma conquista de todo o povo brasileiro. O escritório da ONU para as Américas será agora aqui no Brasil e vemos isso como uma grande oportunidade de captação e investimentos no turismo no período pós-pandemia”, afirmou.

Selo Turismo Responsável

Uma medida de segurança contra a Covid-19 para que os turistas se sintam mais seguros para viajar e frequentar estabelecimentos de lazer foi a criação do Selo Turismo Responsável, Limpo e Seguro. 

A iniciativa estabelece protocolos de biossegurança a 15 atividades do setor como meios de hospedagem, transportadora e restaurantes. Em 2021, foram concedidos 30.511 selos. O estado de São Paulo teve a maior adesão com 5.839 selos.

“Os protocolos de segurança que foram criados pelo Ministério do Turismo mudaram a história do turismo no Brasil. Por exemplo, hoje se você entra num restaurante, você só entra se estiver com a temperatura aferida, no hotel do mesmo jeito. Para se servir, tem que estar de luva. No avião, antes de sentar na cadeira, os dutos de ar-condicionado foram esterilizados e limpos”, detalhou o ministro Gilson Machado.

Fonte: Governo Federal


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »