Esportes

Comentários críticos de Lukaku “não foram intencionais”, diz o técnico do Chelsea

Compartilhar

Os comentários do atacante Romelu Lukaku do Chelsea de que ele não estava satisfeito com o sistema do técnico Thomas Tuchel “não foram intencionais”, disse Tuchel na terça-feira, acrescentando que o jogador se desculpou e voltou aos treinos.

O jogador belga, de 28 anos, ficou de fora da equipe no empate em 2 a 2 com o Liverpool no fim de semana após dizer à Sky Italy que não estava feliz com a “situação” no Chelsea e que gostaria de voltar à Itália em algum momento do futuro.

“Demos tempo para olharmos para trás com calma. Ele se desculpou e está de volta ao time para o treinamento de hoje”, disse Tuchel aos repórteres antes da primeira mão das semifinais da Copa da Liga na quarta-feira, em casa contra o Tottenham Hotspur.

“Para mim, o mais importante era entender – e entender claramente – que não foi intencional. Ele não fez isso intencionalmente para criar esse tipo de ruído na frente de um grande jogo”.

Em um vídeo divulgado no site do clube, Lukaku disse que lamenta o transtorno que causou.

“Vocês sabem a ligação que tenho com este clube, desde a minha adolescência, então, sabem, entendo totalmente que vocês estejam chateados”, disse ele.

“Obviamente, cabe-me agora restaurar a sua confiança e farei o meu melhor para mostrar empenho todos os dias no campo de treino para garantir que ganhemos jogos … e também para o treinador, para os meus companheiros de equipe e para a direcção, porque Acho que também não foi o momento certo”.

Lukaku assinou com o Chelsea vindo do Inter de Milão no final da temporada por uma taxa recorde do clube de 97,5 milhões de libras (131,83 milhões de dólares).

“Ele é um cara emotivo, não se refreia com sua opinião. Criou algum ruído que você não quer, mas não há dúvidas no comprometimento dele com a equipe”, acrescentou Tuchel.

Temendo uma reação dos torcedores às declarações de Lukaku, Tuchel disse que é responsabilidade do jogador “limpar a bagunça”, mas acrescentou que o clube cuidará dele.

“Bem, ele está muito ciente do que aconteceu e do que ele criou, mas pode lidar com isso … estamos felizes que ele seja nosso jogador e vamos protegê-lo. Se alguém discordar veementemente, isso é sobre o time com tudo o que fazemos”, disse o alemão.

O defesa-central Trevoh Chalobah vai falhar o jogo contra o Spurs depois de uma lesão numa coxa no domingo, enquanto o também defesa Andreas Christensen e o avançado Timo Werner têm dúvidas.

Fonte: Reuters


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »