EconomiaNegócios

Liberdade econômica do empreendedor brasileiro fechada para vendas no comércio externo eletrônico

Compartilhar

-A relevância da dimensão cultural visando o mercado brasileiro por meio de estratégias de marca digital.

-O Brasil tornou-se um mercado gigante para as marcas globais ao tempo que seu mercado para outros países oferece importantes dificuldades na venda e exportação direta entre consumidor e comerciante.

Vídeo: Brasil Liberdade Econômica – Simulação de compras em lojas brasileiras desde outro país 🤦

Enquanto a Internet vem alcançando sua onipresença em todo o mundo e oferecendo às empresas a oportunidade de negociar em um mercado “sem fronteiras”, as marcas globais e aqueles que aspiram a se tornar globais enfrentam o desafio de lidar com diferenças culturais significativas. As economias emergentes representam uma das maiores oportunidades para marcas globais interessadas em estender seus negócios no exterior por meio de canais digitais. Dentre essas economias, o Brasil vem recebendo destaque nos últimos tempos como um mercado consumidor promissor. Trabalhando do ponto de vista teórico por meio da literatura e simultaneamente examinando as empresas como potenciais paradigmas, um estudo encomendado pela empresa PayPal (Modern Spice Routes) foi realizado para fornecer sugestões para marcas globais interessadas em atingir o mercado brasileiro por meio de estratégias eficazes de marca digital transcultural. Os resultados são insights valiosos sobre como estabelecer uma melhor comunicação com os consumidores brasileiros e também oferecem algumas orientações para ajudar os profissionais de marketing a manter as marcas desejadas e admiradas no Brasil. Concluiu-se, principalmente, que as marcas globais devem encontrar o equilíbrio certo entre uma abordagem cultural padronizada e adaptada para estabelecer uma proximidade confiável com os consumidores brasileiros no ambiente digital.

Referências

1 ]Strauss, J. e Frost, R. (2012) E-Marketing. Pearson Prentice Hall, São Paulo.
2 ]Herbig, PA (2013) Handbook of Cross-Cultural Marketing. Routledge, Nova York.
3 ]Consumidor Moderno (2014) A Evolução do Consumidor. 
http://www.consumidormoderno.com.br/impressas/CM190.pdf
4 ]Limba, T., Kiskis, M. e Jurkute, V. (2014) Modelo de Processo de Criação de Experiência de Marca Online: Insights Teóricos. International Journal of Advanced Computer Science and Information Technology, 3, 100-118.
5 ]Rowles, D. (2014) Marca digital: um guia passo a passo completo para estratégia, tática e medição. Kogan Page, Filadélfia.
6 ]Hermeking, M. (2006) Cultura e Consumo de Internet: Contribuições da Pesquisa de Marketing e Publicidade Transcultural. Jornal de Comunicação Mediada por Computador, 11, 192-216. 
http://dx.doi.org/10.1111/j.1083-6101.2006.tb00310.x
7 ]Würtz, E. (2006) Comunicação Intercultural em Sites: Uma Análise Transcultural de Sites de Culturas de Alto Contexto e Culturas de Baixo Contexto. Jornal de Comunicação Mediada por Computador, 11, 274-299. http://dx.doi.org/10.1111/j.1083-6101.2006.tb00313.x
8 ]Hall, ET e Hall, MR (1990) Entendendo as diferenças culturais: alemães, franceses e americanos. Imprensa Intercultural, Boston.
9 ]Moran, RT, Abramson, NR e Moran, SV (2014) Gerenciando Diferenças Culturais. Routledge, Nova York.
10 ]Forbes (2014) As marcas mais valiosas do mundo. http://www.forbes.com/powerful-brands/list/
11 ]Reputation Institute (2014) Atender às Demandas dos Consumidores. 
http://www.reputationinstitute.com/thought-leadership/global-reptrak-100
12 ]Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2011) Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios: Acesso à Internet e Posse de Telefone Móvel Celular para Uso Pessoal. 
ftp://ftp.ibge.gov.br/Acesso_a_internet_e_posse_celular/2011/PNAD_Inter_2011.pdf
13 ]Nielsen (2014) Número de usuários ativos passa de 60 milhões pela primeira vez. 
http://www.nielsen.com/br/pt/nielsen-pressroom/2014/numero-de-usuarios-ativos-passa-de-60-milhoes-pela-primeira-vez.html
14 ]E-BIT (2014) Relatório Webshoppers 2014: 29a edição. http://www.ebit.com.br/webshoppers
15 ]PayPal (2013) Rotas Modernas das Especiarias: O Impacto Cultural e a Oportunidade Econômica das Compras Transfronteiriças. 
https://www.paypal-media.com/assets/pdf/fact_sheet/PayPal_ModernSpiceRoutes_Report_Final.pdf
16 ]Souiden, N., M’Saad, B. e Pons, F. (2011) Uma Análise Transcultural do Consumo Conspícuo dos Consumidores de Acessórios de Moda de Marca. Journal of International Consumer Marketing, 23, 329-343. http://dx.doi.org/10.1080/08961530.2011.602951
17 ]Fleith, DS (2011) Criatividade na Cultura Brasileira. Online Readings in Psychology and Culture, 4, 3. 
http://scholarworks.gvsu.edu/orpc/vol4/iss3/3/
18 ]Kraidy, MM (2005) Hibridismo, ou a Lógica Cultural da Globalização. Temple University Press, Filadélfia.
19 ]Kotler, P. e Keller, KL (2006) Administração de Marketing. Pearson Prentice Hall, São Paulo.
20 ]Blackwell, RD, Miniard, PW e Engel, JF (2005) Comportamento do Consumidor. Pioneira Thomson Learning, São Paulo.
21 ]De Mooij, MK (2013) Marketing e Publicidade Global: Entendendo Paradoxos Culturais. Sage Publications, Thousand Oaks.
22 ]Wind, J. e Mahajan, V. (2001) Marketing Digital: Estratégias Digitais dos Principais Especialistas do Mundo. John Wiley & Sons, Inc., Nova York.
23 ]Dicionário da American Marketing Association (2014). 
https://www.ama.org/resources/Pages/Dictionary.aspx?dLetter=B&dLetter=B
24 ]Kotler, P. e Armstrong, G. (2007) Princípios de Marketing. Pearson Prentice Hall, São Paulo.
25 ]Brand Channel (2014) Carreiras de Marca—Glossário. 
http://www.brandchannel.com/education_glossary.asp
26 ]Aaker, D. (2014) As Cinco Maiores Ideias da Era Branding. 
https://www.ama.org/publications/MarketingNews/Pages/five-biggest-ideas-branding-era.aspx
27 ]Sharma, P. (2011) Desmistificando as diferenças culturais nos efeitos do país de origem: explorando os papéis moderadores do tipo de produto, contexto de consumo e envolvimento. Journal of International Consumer Marketing, 23, 344-364. http://dx.doi.org/10.1080/08961530.2011.602952
28 ]Louis Vuitton (2014) Lançamento da Edição Limitada Cabas Rio. 
http://br.louisvuitton.com/front/#/por_BR/News/articles/LANCAMENTO-DA-EDICAO-LIMITADA-CABAS-RIO
29 ]Samsung (2014) Promoções. http://www.samsung.com/br/promotions/
30 ]Tommy Hilfiger (2014) Tommy Hilfiger. http://br.tommy.com/
31 ]Nestlé Suíça (2014) Nestlé: Good Food. Boa vida. http://www.nestle.ch/de
32 ]Nestlé Brasil (2014) Nestlé: Faz Bem. https://www.nestle.com.br/site/home.aspx
Print Friendly, PDF & Email

Paulo Fernando de Barros

Fundador e CEO em BAP Duna Gruppen, Paulo Fernando de Barros é editor responsável em Duna Press Jornal e Magazine.
Botão Voltar ao topo
Translate »