fbpx
News

Polícia Civil do Pará recupera mais de 100 aparelhos celulares roubados na Região Metropolitana de Belém.

Compartilhar

Os números são referentes aos meses de janeiro e fevereiro deste ano. Todos os aparelhos foram devolvidos aos respectivos proprietários.

A Polícia Civil do Pará, por meio da Diretoria de Polícia Metropolitana (DPM), recuperou, entre os meses de Janeiro e Fevereiro de 2022, mais de 100 aparelhos celulares que haviam sido roubados ou furtados na região metropolitana de Belém (RMB). Ao todo, 110 aparelhos foram recuperados e devolvidos aos respectivos proprietários.

Segundo o diretor da DPM, o delegado Daniel Fernandes de Castro, a Polícia Civil realiza um trabalho rotineiro de recuperação e elucidação de crimes contra o patrimônio. “Todos os meses fazemos um levantamento dos celulares recuperados em operações, muitas vezes, não temos como devolver ao dono, pois alguns casos não fazem o boletim de ocorrência. Buscamos sempre elucidar esse tipo de crime para devolver os celulares às vítimas e também identificar os criminosos”, explica o diretor.

O diretor alerta ainda sobre a importância da denúncia, que pode ser feita presencialmente, em uma das delegacias espalhadas pela RMB, ou virtualmente, através da Delegacia Virtual da Polícia Civil.

“Sempre ressaltamos a importância do registro de ocorrência nas nossas unidades. Com o boletim de ocorrência, podemos devolver, com mais facilidade, os celulares aos donos. Além disso, uma de nossas diretrizes é o georreferenciamento de onde ocorreu o crime. Com essa localização precisa, podemos trabalhar em conjunto com a Polícia Militar, nas chamadas Ilhas de Calor, locais onde há um maior número de ocorrência”, disse o delegado Daniel Fernandes.

De acordo com o delegado, os crimes contra o patrimônio são mantidos, muitas vezes, por uma rede de receptores. “É sempre importante ressaltar, que ao comprar um celular pela internet e até mesmo presencialmente, a pessoa deve sempre solicitar a nota fiscal. Pois caso a pessoa compre um celular oriundo de furto ou roubo, faz com que esses crimes persistam”, diz o delegado.

Uma ferramenta lançada pela Polícia Civil e a Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Pará (Prodepa) também auxilia no combate e redução dos índices de furtos e roubos de telefones celulares no Estado. Através do alertacelular.pa.gov.br, a pessoa poderá cadastrar os telefones celulares em um banco de dados virtual. Esse banco de dados poderá auxiliar na recuperação do aparelho em casos de furto ou roubo.

Fonte: Agência Pará


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »