fbpx
Esportes

Drugovich “agarrou todas as oportunidades” na Sprint Race

Compartilhar

Em uma corrida em que cada volta contava, Felipe Drugovich sente que maximizou seu potencial com a MP Motorsport para conquistar seu terceiro ponto consecutivo.

A corrida competitiva foi severamente restringida por três longos períodos de Safety Car na Sprint Race, mas a partir do 10º, Drugovich ainda conseguiu chegar ao quarto lugar na pista.

O resultado seguiu-se aos seus quinto e sexto lugares na ronda de abertura da temporada em Sakhir e o piloto da MP Motorsport ficou a divertir-se com o carro abaixo dele.

“Acho que a corrida foi praticamente maximizada do meu lado”, disse Drugovich. “Fiz tudo o que podia. É uma pena para os Safety Cars – em um momento, pensei que íamos terminar onde começamos, fora dos pontos, mas depois conseguimos avançar e acho que agarrei todas as oportunidades que me surgiram”.

Drugovich correu de 10º para quarto na Sprint Race
Drugovich correu de 10º para quarto na Sprint Race

Foram necessárias 11 corridas para Drugovich completar uma série de três pontos consecutivos no ano passado com a vice-campeã Virtuosi Racing, mas o brasileiro conseguiu nos três primeiros nesta temporada, após seu retorno à MP Motorsport.

“É maravilhoso. Gosto muito do time e das pessoas”, exultou. “Eu sabia que eles tinham ganhado mais experiência. Foi uma pena que não pudemos mostrar nosso potencial no primeiro fim de semana. Acho que fomos muito rápidos, mas as coisas não se encaixaram”.

“Neste fim de semana, tudo está se encaixando e espero que amanhã eu possa fazer um bom trabalho. É um longo ano e queremos continuar a crescer juntos”.

O brasileiro vai largar da pole na Feature Race depois de uma brilhante volta no final da classificação na sexta-feira e ele disse que o impressionante desempenho de base de seu carro permitiu que a equipe se concentrasse em obter as especificidades da pista.

Drugovich largará da pole na Feature Race
Drugovich largará da pole na Feature Race

“Sempre há pedaços que podemos ajustar, mas o carro foi incrível hoje, então não vamos revolucionar nada antes de amanhã”, continuou ele. “A corrida de hoje nos permitiu sentir as corridas, que não conseguimos nos treinos livres, e sentimos o equilíbrio do carro”.

“A temperatura deve ser bem parecida com a de hoje, então isso é bom. Também vimos os dois pneus na pista, o que ajuda na escolha da estratégia amanhã. Foi tudo muito útil, e estaremos analisando isso pelo resto de hoje”.

Fonte: Fórmula 2


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »