News

No Maranhão, número de mortes violentas cai em 21%

Compartilhar

As mortes violentas estão em queda no Maranhão. No primeiro trimestre de 2022, a redução no número de homicídios foi de 21%, em comparação com o mesmo período do ano anterior. No Brasil, o Maranhão está entre os estados que mais tiveram redução. No Nordeste, o Estado é o segundo com menor taxa.

O  secretário de Estado da Segurança Pública, coronel Silvio Leite, ressalta o quanto é relevante a redução no Maranhão, se comparada não só com o ano de 2021, mas com a estatística nacional.

“Nós verificamos um dado do Monitor da Violência, dos três primeiros meses do ano. De janeiro a março, em nível nacional, nós tivemos uma redução de crimes violentos letais em 6%. E o Estado do Maranhão, teve 21%. A nossa redução de crimes violentos letais está melhor do que a nacional, muito mais baixa”, ressaltou o  secretário.

O secretário compara, ainda, os dados da redução de mortes por habitantes com o Nordeste, e a posição do Maranhão no ranking nacional, ambas em relação ao primeiro trimestre de 2021.

“Nós somos o segundo Estado do Nordeste, perdendo apenas para o Piauí, com a menor taxa de mortalidade por 100 mil habitantes. Nós estamos com 5,5% de mortes a cada 5 mil habitantes, entre os nove Estados do Nordeste. Em nível nacional, somos o 12º”, destacou Silvio Leite.

O coronel atribui a queda às séries de ações ostensivas e preventivas realizadas pela Polícia Militar, em conjunto com a Polícia Civil, a exemplo das barreiras policiais em pontos estratégicos e abordagens realizadas no intuito de deter os autores antes da realização dos crimes.

“Nós estamos vindo nessa marcha declinante de 2020 a 2022, isso é fruto de muita abordagem, de muita visibilidade. Do dia 1º de janeiro até o presente momento, nós já fizemos 360 mil abordagens a pessoas. A ônibus, nós fizemos mais de 90 mil só na Região Metropolitana”, pontuou Leite.

Fonte: Governo do Maranhão


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »