News

Município de Itajaí é uma das cidades mais solidárias do país, de acordo com relatório da ONU

Compartilhar

A Agência da Organização das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) divulgou o 1º Relatório Cidades Solidárias Brasil e o Município de Itajaí foi um dos destaques. A cidade aparece no eixo temático de Compartilhamento de Responsabilidades com o trabalho de acesso à documentação para migrantes e refugiados. Ao todo, foram listadas 27 boas práticas de 17 gestões municipais do país que promovem ações para a integração de pessoas refugiadas em diferentes serviços, como abrigamento, educação e proteção.

Itajaí é destaque no relatório pelo apoio prestado à Delegacia de Migrações da Polícia Federal, que fica localizada na cidade. O espaço é responsável pelo registro e documentação de pessoas refugiadas e migrantes de 46 municípios da região.

Nos últimos anos, o atendimento para regularização documental registrou uma procura significativa devido ao aumento no número de refugiados e migrantes em Santa Catarina. Os registros na delegacia da PF passaram de 9 mil para 16 mil anuais em 2021. Para acompanhar essa demanda, o Município de Itajaí prestou apoio para remodelação do espaço físico do Posto de Emissão de Passaportes e Atendimento a Estrangeiros em Itajaí, bem como realizou a contratação de estagiários para auxiliar nos atendimentos.

Com o apoio municipal, a Delegacia de Migração da Polícia Federal de Itajaí efetuou em março deste ano um total de 1.100 registros. Até então, a maior média histórica de atendimentos do órgão era de 600 mensais. Houve, portanto, um aumento expressivo de 80% dos processos finalizados, o que gerou celeridade no atendimento e alcançou um número maior de beneficiários do serviço.

“O atendimento humanizado e o acesso à documentação é essencial para que migrantes e refugiados possam recomeçar suas vidas de forma digna. Sabemos da importância desse trabalho em Itajaí e, por isso, prestamos todo apoio necessário à Polícia Federal para o atendimento a estrangeiros. Itajaí é o segundo maior PIB do Estado e atrai pessoas de diversas origens devido às oportunidades de emprego existentes. É nosso compromisso garantir o direito à cidadania para todos os moradores”, destaca o Chefe de Gabinete do Prefeito de Itajaí, Giovani Testoni.

Cidades listadas atuam na linha de frente

A iniciativa Cidades Solidárias é uma ação global do ACNUR que destaca os esforços feitos por municípios para a implementação de políticas públicas que promovam a acolhida, o acesso a direitos e mecanismos de integração de pessoas refugiadas. No relatório, 27 práticas foram reconhecidas por uma consultoria contratada, que avaliou ao longo de cinco meses diversas iniciativas locais de atenção à população refugiada e migrante. Ao todo, estão listadas práticas de 17 municípios das regiões Norte, Nordeste, Sul e Sudeste. Em Santa Catarina, Itajaí e Chapecó foram destaques.

“São as cidades que atuam na linha de frente da acolhida, proteção e integração de pessoas que foram forçadas a deixar seus países de origem e buscam meios para um recomeço digno nas sociedades de acolhida. O ACNUR listou boas práticas que atuam como resposta às necessidades identificadas, promovendo a proteção e integração de pessoas refugiadas de forma efetiva, duradoura e sustentável”, afirma Jose Egas, Representante do ACNUR no Brasil.

O relatório completo está disponível em: http://www.acnur.org.br/politicas-publicas 

Fonte: https://itajai.sc.gov.br/noticias

Ver também:

Conheça como funciona o trabalho de uma OSCIP que resgata animais em situação de risco e abandono.

Como estabelecer metas de estudos.

 A educação de alta qualidade já está ao alcance de todos e em qualquer lugar.


O ensino de alta qualidade já está ao alcance de todos e em qualquer lugar. Educação de Ensino em Casa, Jardins de Infância e Escolas, com cursos educacionais pré-escolar, ensino básico, fundamental e médio!

Gratuitamente, clique e comece já!

Print Friendly, PDF & Email

Joice Maria

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre as atualidades sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »