História

200 anos da Independência | “Fundadores do Brasil”: D. Pedro I

Compartilhar

Personagem fundamental tanto na Independência brasileira, como na consolidação da Monarquia Constitucional portuguesa, a vida de D. Pedro I foi repleta de reviravoltas e polêmicas.

Dom Pedro I teve uma dessas vidas cujas principais passagens estiveram ligadas às grandes transformações históricas de seu tempo. As consequências do liberalismo político que disciplinava o exercício do poder monárquico e se alastrava pela Europa o levaram a atravessar o Atlântico em duas ocasiões distintas de sua vida. Na primeira, fugindo da invasão napoleônica para a colônia brasileira junto com a Corte portuguesa em 1807; e, na segunda, retornando a Portugal justamente para defender os princípios constitucionais aceitos pelo seu pai quase duas décadas depois da fuga.

Personagem complexo, polarizador e polêmico, o primeiro imperador do Brasil colecionou episódios marcantes como poucos na história política. Desde seu “grito” de Independência em 1822 até seu papel na garantia da sucessão dinástica dos Bragança – tanto no Brasil como em Portugal –, ele se mostrou impetuoso na condução de sua vida pública e privada. Estas duas esferas de sua existência sempre estiveram estreitamente entrelaçadas para o bem e para o mal. O escrutínio sobre suas ações despertou grandes paixões de seus contemporâneos e suas escolhas vêm sendo alvo de permanente interesse ao longo dos dois séculos que o separam de nós.

Para conduzir essa conversa às vésperas dos 200 anos da controvertida efeméride da Independência, temos o privilégio de contar com dois renomados especialistas: Isabel Lustosa (CHAM/Universidade Nova de Lisboa – IHGB), autora de uma das mais sedutoras biografias históricas das últimas décadas, D. Pedro I: um herói sem nenhum caráter [Cia das Letras, 2006]; e Rui Ramos (Universidade de Lisboa), que, entre outros títulos, publicou Dois países, um sistema: a Monarquia Constitucional dos Braganças em Portugal e no Brasil (1822-1910) com José Murilo de Carvalho e Isabel Corrêa da Silva [D. Quixote, 2018].

Acesse o canal da FBN no Youtube para acompanhar esse e outros eventos:

www.youtube.com/c/FundacaoBibliotecaNacional

Fonte: Governo Federal


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »