Esportes

IndyCar: Newgarden novamente frustrado com a estratégia

Compartilhar

Josef Newgarden, o vencedor do Prêmio NTT P1 do Chevrolet Grand Prix de Detroit de domingo, não precisava dizer que estava irritado com a corrida para refletir que estava. Mas ele foi em frente e declarou isso. Duas vezes, na verdade.

Se Newgarden teria vencido a corrida de 70 voltas com uma estratégia de pneus diferente, seria um exagero, mas ele sabia que o que sua equipe da Team Penske escolheu provou ser o errado.

Newgarden, como muitos dos pilotos de maior largada, começou com Firehawks alternativos e mais suaves (vermelho) de Firestone para não tê-los em seu carro no final da corrida, como foi o caso no ano passado quando ele foi revisado por Pato O’Ward e perdeu uma vitória a três voltas do fim. Enquanto isso, o companheiro de equipe Will Power fez o oposto, guardando os vermelhos obrigatórios para o final, e funcionou muito para o desgosto de Newgarden quando ele terminou em quarto.

“É difícil não ficar irritado”, disse o piloto da equipe nº 2 da Hitachi, Penske Chevrolet, à NBC Sports. “Quando precisamos que uma corrida fique toda verde, ela não fica toda verde. Precisávamos disso no ano passado (quando) basicamente executamos a estratégia da Power no ano passado, mas não era a corrida para fazê-lo. Hoje teria sido o dia de fazê-lo. Então, tentamos não fazer isso hoje por causa do que aconteceu no ano passado”.

“Não sei o que te dizer – fizemos uma boa corrida. Em termos de estratégia, não deu certo… e não acho que você possa culpar ninguém. É típico da INDYCAR: Você não pode prever essas coisas”.

“É bom ver um Team Penske Chevy vencer. (Estou) feliz pelo Team Penske e Will, mas é um pouco chato”.

O’Ward teve uma estratégia semelhante e um resultado semelhante (quinto).

“Foi jogar os dados (na estratégia) e ver o que dá certo”, disse o piloto da 5ª Arrow McLaren SP Chevrolet. “O Power estava na estratégia de Josef no ano passado – não funcionou para eles no ano passado, funcionou para eles este ano. É uma jogada de dados”.

Power foi um dos três pilotos que terminaram a corrida com os pneus vermelhos. Os outros foram o novato Devlin DeFrancesco (Nº 29 PowerTap Honda da Andretti Steinbrenner Autosport) e Dalton Kellett (Nº 4 K-Line/AJ Foyt Racing Chevrolet), e terminaram em 18º e 20º, respectivamente.

Fonte: NTT Indycar


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »