Saúde

Universidade pesquisa danos causados pela COVID-19 na linguagem de crianças

Compartilhar

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) pesquisará os efeitos da pandemia de COVID-19 sobre o desenvolvimento da linguagem em crianças. O estudo, um dos dois selecionados, recebeu bolsas de pós-graduação e verbas para custeio pelo Programa de Desenvolvimento da Pós-Graduação (PDPG) – Impactos da Pandemia da CAPES. Para realizar os projetos, a UFSC receberá R$ 200 mil, além de oito bolsas de mestrado, seis de doutorado e seis de pós-doutorado.

O trabalho será realizado em parceria com a Pontifícia Universidade do Rio de Janeiro (PUC-RJ) e as Universidades Federais do Ceará (UFC), de Sergipe (UFS) e do Rio Grande do Norte (UFRN), e  terá a colaboração de profissionais da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) e das Universidades Federais do Acre (Ufac) e Rural da Amazônia (Ufra).

A professora Mailce Mota, coordenadora do projeto, observa que a pandemia de COVID-19 exigiu, além do isolamento e distanciamento sociais, que restringiram a interação criança-criança e criança-adulto, o uso de máscaras. “Essas restrições de interação, somadas ao período de fechamento das escolas, de suspensão de aulas presenciais e de instrução via plataformas de comunicação podem ter levado a comprometimentos no desenvolvimento da linguagem oral na criança”, considera. 

Crianças com boas habilidades orais aprendem a ler mais rapidamente do que as que têm algum comprometimento nesse sentido. Mailce explica que será “fundamental entender como a pandemia de COVID-19 afetou o desenvolvimento da linguagem na criança, já que a fala é uma habilidade crucial na aquisição da literacia”. Para a professora, “a aprendizagem da leitura é um dos mais importantes objetivos da educação escolar e um dos maiores desafios da educação brasileira”. A pesquisa também engloba adultos matriculados na Educação de Jovens e Adultos (EJA) e a formação continuada de professores na área de desenvolvimento da linguagem e da leitura. 

A outra linha de pesquisa selecionada pelo Programa, conduzida pela professora Sônia Weiner Maluf, avaliará os Impactos Sociais, Políticas Públicas e Estratégias Locais de Enfrentamento à Pandemia de COVID-19: Saúde, Proteção Social e Direitos – Uma Abordagem Interdisciplinar a partir das Ciências Humanas.

Sobre o programa
PDPG – Impactos da Pandemia é o quarto edital do Programa Estratégico Emergencial de Prevenção Combate a Surtos, Endemias, Epidemias e Pandemias, que tem a finalidade de incentivar estudos sobre a prevenção e o enfrentamento à COVID-19 e outras doenças. Estão previstos investimentos de até R$25,1 milhões.

Fonte: https://www.gov.br/capes
Ver também:
Conheça como funciona o trabalho de uma OSCIP que resgata animais em situação de risco e abandono.
Como estabelecer metas de estudos.
A educação de alta qualidade já está ao alcance de todos e em qualquer lugar.


O ensino de alta qualidade já está ao alcance de todos e em qualquer lugar. Educação de Ensino em Casa, Jardins de Infância e Escolas, com cursos educacionais pré-escolar, ensino básico, fundamental e médio!

Gratuitamente, clique e comece já!

Print Friendly, PDF & Email

Joice Maria

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre as atualidades sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »