News

Setor de serviços lidera geração de emprego em abril no Paraná

Compartilhar

Serviços concentram 4.074 novos postos de trabalho no mês, o equivalente a 45% do total. Na sequência, estão os setores de comércio, indústria, e agricultura e pecuária.

O Paraná fechou o mês de abril com 8.925 novas vagas, o sétimo Estado no País e o segundo na região Sul a gerar mais empregos com carteira assinada. Os serviços, que envolvem restaurantes, lanchonetes, hotéis, imobiliárias e transporte, entre outras áreas, lideram o número de vagas geradas, concentrando 4.074 novos postos de trabalho no período, o equivalente a 45% do total. Na sequência, estão os setores de comércio, com 2.229 vagas; a indústria, com saldo de 2.177 vagas; e agricultura e pecuária, com 639 vagas.

Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Previdência, e foram levantados pelo Departamento do Trabalho e Estímulo à Geração de Renda da Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf). O estudo leva em conta a série sem ajustes, que não tem as informações das declarações entregues fora de prazo pelos empregadores.

“O Paraná tem uma economia forte, mão de obra qualificada e um setor produtivo que caminha em consonância com as ações do Governo para termos um Paraná cada vez mais desenvolvido. Estamos com redução no desemprego e atraindo investimentos”, afirmou o governador Carlos Massa Ratinho Junior.

No acumulado de 2022, foram mais de 61,6 mil empregos gerados no Estado. O destaque entre os setores fica para os serviços de informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas, que somaram mais de 20 mil novas vagas. A indústria vem na sequência com mais de 12 mil novos postos e em terceiro estão os serviços que envolvem a área de administração pública.

Os outros segmentos também tem indicadores positivos: construção; agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e agricultura; transporte, armazenagem e correio; alojamento e alimentação; comércio e reparação de veículos automotores e motocicletas; outras atividades de serviços, artes, cultura, esporte e recreação e serviços domésticos.

SERVIÇOS – Entre os segmentos que compõem o setor de serviços, o que mais abriu novas vagas em abril foi o de atividades relacionadas à áreas de administração pública, defesa e seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais, com 2.087 postos. Na sequência estão alojamento e alimentação (1.211 vagas); transporte, armazenagem e correio (787); e artes, cultura, esporte e recreação (181). Outras atividades de serviços ainda somam 365 postos.

“Temos a maior rede de Agências do Trabalhador do País e junto a programas como as Carretas do Conhecimento e o Cartão Futuro, que incentivam a capacitação e o primeiro emprego, criamos novas oportunidades diariamente aos trabalhadores”, afirmou o secretário estadual da Justiça, Família e Trabalho, Rogério Carboni.

INDÚSTRIA – Na indústria, a área que lidera as contratações é a indústria de transformação, com 2.161 vagas abertas no mês. O segmento de água, esgoto, atividades de gestão de resíduos e descontaminação teve saldo de 12 vagas e a indústria extrativista outras 25. 

“Além de ser o quinto estado que mais gerou empregos no primeiro trimestre do ano, o Paraná vem mostrando recuperação principalmente no setor de serviços, que foi muito afetado pela pandemia e precisou paralisar suas atividades”, destacou a chefe do Departamento de Trabalho e Estímulo à Geração de Renda da Sejuf, Suelen Glinski.

CENÁRIO NACIONAL – No Brasil, o setor de serviços liderou a criação de empregos em abril, com saldo de 117.007 postos de trabalho: a área é responsável por 59,4% do saldo nacional de 196.966 postos. O comércio veio em segundo lugar, com 29.261 vagas, seguido pela indústria, com 26.378, e construção, com 25.341. A agropecuária fechou o mês com saldo negativo de 1.021.

Fonte: Agência de Notícias do Paraná


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »