Esportes

Caio fala em Seleção Sub-20 unida e recorda sorte contra paraguaios

Compartilhar

Meia atacante marcou terceiro gol pela Seleção Brasileira. Todos contra o Paraguai. “Por incrível que pareça”, relembra camisa 11.

Caio mostrou todas as suas credenciais ao torcedor brasileiro na noite desta quarta (8), no Kleber Andrade. O jogador precisou de apenas 3 minutos para marcar seu primeiro gol pela Seleção Sub-20, na sua primeira participação no jogo. Sempre ligado e intenso, o camisa 11 não costuma desperdiçar oportunidades. O gol que abriu o placar na estreia do Brasil no Torneio Internacional Sub-20 foi o terceiro do jogador do São Paulo com a Amarelinha. Quis o destino que fosse, mais uma vez, contra os paraguaios. 

Em setembro do ano passado, Caio, ainda na categoria sub-17, participou de dois amistosos contra os paraguaios, em Assunção. Entrando no decorrer dos jogos, o atacante franzino e insinuante marcou dois gols, um em cada jogo, e foi um dos destaques daquela convocação. 

“Por incrível que pareça, na Seleção são três gols contra o Paraguai. Só tenho a agradecer por tudo que está acontecendo na minha vida”, comemorou Caio após a vitória por 5 a 2. 

O meia-atacante se apresentou à Seleção Sub-20 embalado pelo momento positivo vivido no São Paulo. Dias antes da chegada à Granja Comary, Caio havia marcado seu primeiro gol pela equipe profissional, na vitória por 1 a 0 contra o Ayacucho, no Morumbi, em jogo válido pela Copa Sul-Americana. 

Na noite desta quarta em Cariacica, Caio destacou a união do grupo após o revés dentro da partida. O Brasil sofreu a virada ainda na metade do primeiro tempo. Com a força vinda do torcedor capixaba e a vontade de um correr pelo outro, a Seleção Sub-20 reverteu a situação e saiu com os três pontos no torneio. 

“A gente fez o gol e rolou uma desconcentração, tomamos a virada e logo conseguimos reverter. O grupo falou em união. A gente sabia que se fosse unido, correndo um pelo outro, a gente poderia virar o jogo, e foi assim que conseguimos. Quando o apoio vem da arquibancada é importante para o jogador. Isso nos motiva, faz a gente correr mais, ouvir a galera gritando ‘Brasil'”, admitiu Caio. 

Fonte: CBF


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »