News

PA: Emater conclui módulos com segunda turma do Projeto Tecnologias Integradas na Agricultura Familiar 

Compartilhar

Nesta sexta-feira (10), a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater-PA) encerrou a capacitação com a segunda turma do Projeto Tecnologias Integradas na Agricultura Familiar, dentro do Programa de Residência Profissional Agrícola, do Ministério da Agricultura (Mapa), em parceria com a Universidade Rural da Amazônia (Ufra), com dez profissionais de ciências agrárias que participaram de três módulos neste primeiro semestre de 2022.  

O órgão estadual, por meio do Núcleo de Metodologias e Comunicação (NMC/Cotec), executa a capacitação em metodologias de extensão rural, com carga horária de 90 horas composto de três módulos: extensão rural e metodologias participativas; tecnologias rurais sustentáveis e desenvolvimento rural na Amazônia; e cadeias de produção, arranjos produtivos locais, mercados, economia solidária e cooperativismo. 

“A Emater como órgão oficial de assistência técnica e extensão rural, tem fundamental importância na qualificação de futuros profissionais das ciências agrárias que atuarão em nosso estado através da troca de conhecimento, tanto na abordagem teórica, quanto da prática extensionista que desenvolve no âmbito  da agricultura familiar e nas mais diversas áreas. Cada módulo foi desenvolvido de forma a imergir os residentes nas ações da empresa com interação direta com  técnicos e agricultores nas vivências em campo nas aulas práticas”, destacou a médica veterinária da Emater, Cristiane Corrêa, do NMC.

Ao todo, foram realizadas nove visitas a unidades rurais como forma de proporcionar aos residentes a visão do cotidiano no campo. “Essas três semanas foram de grande importância para minha profissão e para mim como pessoa, pois eu aprendi e adquiri muito conhecimento com excelentes profissionais e produtores. Agradeço à  Emater e à universidade por essa oportunidade e por nos receber muito bem e a todos os profissionais que contribuíram para que esse curso fosse realizado”, disse a recém-formada em Agronomia, Rayanne de Jesus Castro, de 28 anos.

O projeto Tecnologias Integradas na Agricultura Familiar – Difusão de saberes, conhecimentos e desenvolvimento sustentável na Amazônia, foi aprovado pelo edital de Chamamento Público-01/2020 junto ao   Programa de Residência Profissional Agrícola, do MAPA, em junho de 2020.

“O grande objetivo é a capacitação de formandos e recém-egressos da Ufra, para dar um treinamento e possibilitar o intercâmbio de experiências na área de ciências agrárias, e especificamente nesses módulos, da agricultura familiar. Com isso, construindo um conhecimento em prol do desenvolvimento no meio rural”, ressaltou a engenheira agrônoma e ex-servidora da Emater, Antônia Bronze, atualmente professora de Fruticultura da Ufra.

A execução do projeto iniciou em março de 2021 com o objetivo de capacitar profissionais do conhecimento agrário como forma de contribuir para o processo de qualificação de discentes a partir de atividades práticas integradas na agricultura familiar para o desenvolvimento de conhecimentos e habilidades no exercício profissional, visando desenvolver tecnologias integradas e práticas de sustentabilidade no uso dos recursos naturais. 

Fonte: Agência Pará


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »