Esportes

Um visitante muito especial na pista em Montreal que assustou os pilotos

Compartilhar

Durante os treinos livres desta sexta-feira, enfrentando primeiro os testes de qualificação e o Grande Prêmio do Canadá no domingo, Max Vertappen com seu Red Bull foi o dominante em ambas as sessões.

Nesta sexta-feira, a pista canadense Gilles Villeneuve fez parte dos treinos livres para os testes deste sábado, que determinarão o grid de largada do GP do Canadá.

No entanto, em uma das voltas da P1, os espanhóis Carlos Sainz (Ferrari) e Fernando Alonso (Alpine) saíram de uma curva quando uma marmota deixou todos atordoados, inclusive os comentaristas do teste.

O roedor com tempo para sair na pista e entre os dois monopostos conseguiu cruzar a pista e chegar ao outro lado da pista para se esgueirar por cima da grama.

Os primeiros treinos
O piloto da Red Bull venceu o espanhol Carlos Sainz (Ferrari) por dois décimos de segundo na sessão de treinos diante de uma grande multidão de fãs canadenses, que comemoram o retorno da competição ao Circuito Gilles Villeneuve em Montreal após três anos de ausência.

Também o espanhol Fernando Alonso (Alpine), bicampeão mundial, ficou em terceiro à frente do mexicano Sergio Pérez (Red Bull) e Charles Leclerc (Ferrari), que usou um motor reconstruído após a equipe descartar a unidade que falhou na semana passada no Azerbaijão .

O monegasco Leclerc, que acumulou quatro pole positions consecutivas sem vencer depois, ficou 0,5 segundos atrás do ritmo estabelecido por seu rival Verstappen.

A segunda rodada

Verstappen (Red Bull), atual Campeão do Mundo e líder nesta temporada, venceu seu rival Charles Leclerc (Ferrari) por 81 milésimos no início. 

Verstappen chega em alta nos testes de qualificação para o GP de Montreal Photo AFP
Verstappen chega em alta nos testes de qualificação para o GP de Montreal. / Foto: AFP

O espanhol Carlos Sainz, o outro piloto da Ferrari, terminou os treinos com o terceiro melhor tempo, à frente de Sebastian Vettel (Aston Martin).

O mexicano Sergio Pérez (Red Bull), quarto nas primeiras provas, caiu para a décima primeira posição da tarde.

Para Lewis Hamilton (Mercedes), os contratempos continuaram com um décimo terceiro lugar na segunda sessão.

O britânico reclamou que o carro era “indirigível”, apesar de sua equipe ter testado uma nova solução contra problemas “porpoising”, que fazem com que os carros saltem quando atingem altas velocidades nas retas.

Fonte: Télam


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »