Esportes

Hamilton diz que há ‘mais por vir’ depois de conquistar o primeiro pódio desde o Bahrein

Compartilhar

Depois de uma corrida acidentada na última vez no Azerbaijão e uma sexta-feira difícil em Montreal, Lewis Hamilton ficou encantado por levar sua Mercedes para casa no pódio no GP do Canadá de domingo – apenas a segunda vez nesta temporada o heptacampeão chegou ao pódio.

Depois de tomar uma direção errada no treino de sexta-feira, Hamilton mudou as coisas na qualificação para garantir o quarto lugar no grid. Ele então foi um melhor na corrida, terminando em terceiro atrás de Max Verstappen da Red Bull e Carlos Sainz da Ferrari – com um nível de ritmo que lhe garantiu que há mais desempenho a ser desbloqueado do W13.

“É ótimo estar no meio da batalha”, disse Hamilton, que derrotou o companheiro de equipe George Russell apenas pela segunda vez nesta temporada. “Por um segundo eu estava meio que acompanhando esses caras. Deu a mim e à equipe muita esperança de que há mais por vir deste carro, o potencial está lá”.

“Quando você alcança uma distância completa de corrida, descobre muito com o carro. Muito a tirar de hoje. Tem confiabilidade muito boa. Ótimo trabalho da equipe. Só temos que manter nossas cabeças abaixadas. Eu sei onde estou perdendo para esses caras, então é aí que vou focar no ataque para melhorar”.

Hamilton admitiu que foi especial obter um resultado tão forte no Circuito Gilles Villeneuve – uma pista na qual ele teve tanto sucesso ao longo de sua carreira, vencendo em nada menos que sete ocasiões, a primeira vez com a McLaren em 2007.

“Sinceramente, foi uma das melhores sensações do ano estar de volta, especialmente em Montreal, onde consegui minha primeira vitória há 15 anos”, acrescentou. “E estar de volta lá em cima, sentir a atmosfera e a multidão foi muito especial”.

A próxima parada será a corrida em casa de Hamilton em Silverstone, onde ele espera que a natureza rápida da pista seja adequada para a Mercedes, assumindo que eles podem manter os problemas de salto que atormentaram grande parte de sua temporada sob controle.

“É melhor em curvas de média e alta velocidade do que em baixa velocidade, mas temos saltos, então não sabemos como será em Copse”, disse ele sobre suas perspectivas para o Grande Prêmio da Grã-Bretanha, que ele dirige para o sexto lugar no o campeonato de pilotos com 77 pontos, dois lugares e 34 pontos atrás de seu companheiro de equipe compatriota.

Fonte: Fórmula 1


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »