Economia

Dólar cai para R$ 5,15 com alívio no mercado externo

Compartilhar

Bolsa fechou em queda com riscos na economia local.

Num dia de alívio no mercado externo, o dólar teve a primeira queda após duas altas. Afetada por riscos na economia local, a bolsa de valores não teve a mesma sorte e fechou em queda, mesmo tendo começado o dia em alta.

O dólar comercial encerrou esta terça-feira (21) vendido a R$ 5,154, com recuo de R$ 0,032 (-0,63%). A cotação chegou a operar próxima da estabilidade durante a manhã, mas passou a cair durante a tarde, influenciada por investidores que aproveitaram o valor alto dos últimos dias para venderem dólares e por causa da entrada de fluxos externos.

Com o desempenho desta terça-feira, a moeda norte-americana acumula alta de 8,44% em junho. Em 2022, a divisa caiu 7,57%.

O mercado de ações teve um dia mais turbulento. O índice Ibovespa, da B3, fechou aos 99.684 pontos, com recuo de 0,17%. O indicador descolou-se das bolsas norte-americanas, que subiram nesta terça-feira, por causa da instabilidade dos papéis da Petrobras, os mais negociados na bolsa brasileira.

As ações ordinárias (com direito a voto em assembleia de acionistas) da Petrobras caíram 1,06%. Os papéis preferenciais (com preferência na distribuição de dividendos) recuaram 1,99%. Desde sexta-feira (17), as ações da estatal estão caindo em meio à troca do presidente da companhia.

Fonte: Agência Brasil


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!


O ensino de alta qualidade já está ao alcance de todos e em qualquer lugar. Educação de Ensino em Casa, Jardins de Infância e Escolas, com cursos educacionais pré-escolar, ensino básico, fundamental e médio, clique e comece já!

Print Friendly, PDF & Email

Joabson João

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »