Esportes

Stroll elogia “bom trabalho” da Aston Martin depois de terminar em 10º no GP em casa

Compartilhar

Lance Stroll disse que estava “super feliz” após o Grande Prêmio do Canadá, com o piloto da Aston Martin conquistando os pontos finais pagando a posição em 10º em sua corrida em casa – enquanto seu frustrado companheiro de equipe Sebastian Vettel lamentou seu infortúnio na corrida depois de terminar em 12º .

Stroll começou a corrida em 17º e fez 47 voltas com o pneu duro no primeiro stint, enquanto subia até o P8, onde se defendeu do Alfa Romeo de Zhou.

Depois de parar para o pneu médio, Stroll conseguiu passar a McLaren de Daniel Ricciardo na volta 63 para o P10, para selar seus pontos desde Miami. E o canadense encantado elogiou o trabalho realizado pela sua equipe, após um início de temporada “desafiador”.

“Tínhamos uma ótima estratégia para esta corrida e estou super satisfeito por ter conseguido marcar um ponto”, disse Stroll. “O trabalho de corrida, conseguindo manter uma série de carros atrás de mim. A ultrapassagem em Daniel [Ricciardo] foi um bom bônus – estávamos com pneus mais novos, então foi uma jogada muito fácil”.

“As coisas certamente são muito mais desafiadoras este ano, mas estou satisfeito por ter tido uma corrida bem-sucedida hoje… Tem sido incrível correr em casa depois de tanto tempo longe”.

O companheiro de equipe Sebastian Vettel fez um rápido início de fim de semana em Montreal, terminando em nono, oitavo e terceiro no TL1, TL2 e TL3, respectivamente – mas, como Stroll, ele não conseguiu sair do Q1 na qualificação. E depois de uma corrida em que ele perdeu parando logo antes do primeiro Virtual Safety Car – causado pela parada de Sergio Perez na curva 8 – um frustrado Vettel admitiu que esperava muito mais do fim de semana.

“Apenas não era o nosso dia. Fizemos uma parada cedo para encontrar um pouco de ar limpo, mas os carros de segurança virtuais chegaram na hora errada”, disse Vettel. “Isso realmente comprometeu minha corrida. No final, eu estava em uma borracha muito velha e tentei me segurar, mas não deu certo. Lance estava com pneus mais novos e a equipe me pediu para deixá-lo passar para atacar Daniel, o que fiquei feliz em fazer”.

“O resultado foi frustrante – mostramos um bom ritmo neste fim de semana e poderíamos ter tido um resultado melhor, mas às vezes as coisas não acontecem do seu jeito. Hoje parecia um daqueles dias. Parabéns à equipe por todo o trabalho duro e a Lance por marcar um ponto hoje”.

Fonte: Fórmula 1


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »