Mundo

Rússia: Medvedev diz que sanções podem ser justificativa para guerra

Compartilhar

Ex-presidente fez denúncias contra ações conjuntas do Ocidente.

O vice-presidente do Conselho de Segurança da Rússia, Dmitry Medvedev, disse nesta quinta-feira (30) que, em certas circunstâncias, as sanções impostas contra Moscou podem ser vistas como um ato de agressão e uma justificativa para a guerra.

“Gostaria de salientar mais uma vez que, sob certas circunstâncias, tais medidas hostis também podem ser qualificadas como um ato de agressão internacional. E mesmo como um casus belli (justificativa para a guerra)”, disse Medvedev, acrescentando que a Rússia tem o direito de se defender.

A Rússia enfrenta uma disparada de sanções econômicas paralisantes dos países ocidentais em resposta à invasão da Ucrânia em 24 de fevereiro, que ela chama de “operação militar especial”.

Medvedev, um ex-presidente russo que já foi visto como liberal, emergiu como um dos mais beligerantes defensores da guerra, fazendo uma série de denúncias mordazes contra o Ocidente.

Fonte: Agência Brasil


Seu apoio é importante, tornando-se um assinante você está contribuindo para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio! Duna Press Jornal e Magazine, mídia livre e independente trabalhando a informação com ética e respeito ao leitor. Notícias, oportunidades e negócios, seu portal nórdico em português.

Assinatura Anual

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »