fbpx
Esportes

Vettel revela que estava “gritando” para Schumacher vencer disputa contra Verstappen em Silverstone

Compartilhar

Sebastian Vettel ficou encantado por somar pontos em Silverstone em seu aniversário, mas talvez ainda mais feliz por ver seu amigo Mick Schumacher marcar seus primeiros pontos na Fórmula 1 após uma batalha no final da corrida com Max Verstappen.

Vettel, da Aston Martin, tem uma sólida amizade com Schumacher, tendo atuado como mentor ao longo de sua carreira e elogiou o piloto da Haas por sua temporada de estreia em 2021.

O GP da Grã-Bretanha viu Schumacher chegar ao oitavo lugar e desafiar Verstappen – que foi comprometido por danos – nos momentos finais da corrida, dando início a uma batalha sensacional entre o atual campeão e o piloto da Haas. Descobriu-se que Vettel estava de olho naquela batata roda a roda.

“Fiquei muito feliz por ele”, disse Vettel ao Post-Race Show da F1 TV . “Eu vi o que aconteceu, e vi que ele estava fechando a brecha, e eu estava realmente gritando dentro do carro, tipo: ‘Vai Mick, vai Mick, vai pegá-lo!”.

“Então, estou muito feliz por ele; faz muito tempo que ele merece o resultado, e é ótimo consegui-lo. Achei que talvez fosse pegá-lo no final, mas eles foram rápidos demais. Foi realmente divertido vê-los sempre na curva 15, parecia que [eles] estavam lado a lado, também na curva 6, descendo a reta de Wellington… muito bom”.

Enquanto Verstappen evitou Schumacher para terminar em sétimo, o piloto da Haas conquistou seus primeiros pontos de sua carreira na F1 em P8. Quanto a Vettel, ele aproveitou seu aniversário tendo demonstrado o carro campeão de Nigel Mansell, o FW14B antes de terminar em nono, saindo de 18º no Grande Prêmio.

“Acho que foi uma grande recuperação. Obviamente, marcar pontos é muito importante para nós; você sabe, a fábrica fica do outro lado da estrada, para muitas pessoas este fim de semana aqui é um grande fim de semana para nós e pelo menos conseguimos alguns pontos. Ainda há muito trabalho a fazer, mas foi uma boa recuperação, estou feliz”, disse Vettel.

O tetracampeão também falou sobre o acidente em alta velocidade na largada que o viu fazer contato com Alex Albon, da Williams .

“A primeira largada, com a bandeira vermelha, foi muito caótica. Fiz uma boa escapada e isso me lançou para uma lacuna quase ao lado de Alex [Albon]. Depois fui espremido e tudo recuou como reação ao acidente à frente. Travei, mas não pude evitar fazer contato com Alex. O mais importante é que todos os envolvidos estejam bem”.

A Aston Martin ruma à Áustria com 18 pontos, dois a menos que a Haas, já que ocupa a 9ª posição do campeonato.

Fonte: Fórmula 1


Seu apoio é importante, tornando-se um assinante você está contribuindo para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio! Duna Press Jornal e Magazine, mídia livre e independente trabalhando a informação com ética e respeito ao leitor. Notícias, oportunidades e negócios, seu portal nórdico em português.

Assinatura Anual

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »