Esportes

Esses recordes da Fórmula 1 vão durar pra sempre

Compartilhar

Mais rápido, mais jovem, mais curto: alguns dos recordes mais incríveis da maior categoria do esporte a motor.

Max Verstappen é um campeão de precocidade. O holandês, que estreou na Fórmula 1 aos 17 anos e venceu sua primeira corrida aos 18, é o mais jovem vencedor de um GP e este é um recorde que deve durar enquanto este planeta ainda existir. Mas esta não é a única marca que provavelmente será eterna. E aqui você conhecerá outras delas.

01 Pit-stop mais rápido

O recorde: 1s82

Quem? Red Bull Racing

Onde? GP do Brasil de 2019

Foi isso que você leu: 1 segundo e 82 centésimos foi tudo o que a Red Bull Racing precisou pra trocar os quatro pneus do RB15 de Max Verstappen em Interlagos, na temporada 2019, quebrando um recorde que já era dela. A marca anterior, 1s88, já parecia impossível de ser igualada, mas a equipe levantou o sarrafo com um tempo que dificilmente será batido por causa das mudanças na dinâmica dos boxes, que deixaram as paradas um pouco mais lentas.

02 Volta com maior velocidade média

O recorde: 262,2 km/h

Quem? Juan Pablo Montoya (COL / Williams)

Onde? GP da Itália de 2004

Em 2004, a Fórmula 1 atingiu o ápice de sua performance, com voltas mais rápidas atrás de voltas mais rápidas. Na classificação em Monza, Montoya atingiu a maior velocidade média durante uma volta na história, recorde que dura até hoje. O colombiano atingiu uma velocidade média impressionante de 262,2 km/h na primeira parte da classificação, mas náo conseguiu repetir a dose na hora da definição da pole position. Quem levou a melhor foi Rubens Barrichello, da Ferrari.

03 Multa mais cedo na carreira

O recorde: 6 segundos

Quem? Sebastian Vettel (ALE / BMW Sauber)

Onde: GP da Turquia de 2006

Quando chegou à F1, Sebastian Vettel quebrou um monte de recordes, como o de campeão mais jovem e maior número de vitórias consecutivas, mas também estabeleceu um do qual não deve se orgulhar. Em sua estreia, ainda como piloto de teste da BMW Sauber, em 2006, passou do limite de velocidade nos boxes, justamente quando estava deixando a garagem para a primeira ida à pista em treino livre no GP da Turquia de 2006. Foram 6 segundos de carreira até a primeira multa.

04 Vencedor mais jovem

O recorde: 18 anos e 227 dias

Quem? Max Verstappen (HOL / Red Bull Racing)

Onde? GP da Espanha de 2017

Max começou a bater recordes na F1 no momento em que assinou com a Toro Rosso. Aos 17 anos e 166 dias, o holandês se tornou o mais jovem a ter corrido na categoria, na Austrália-2015. Depois, logo em seguida, virou o mais jovem a pontuar, na Malásia. Apenas 24 corridas mais tarde, em sua estreia pela Red Bull Racing, na Espanha-2016, virou o primeiro holandês a vencer na F1, o mais jovem piloto a liderar corrida, a ir ao pódio e, claro, a vencer uma prova, quebrando a marca que era do Vettel.

05 A classificação mais apertada

O recorde: 0s000 (diferença entre os três primeiros)

Quem? Jacques Villeneuve (CAN / Williams), Michael Schumacher (ALE / Ferrari) e Heinz-Harald-Frentzen (ALE / Williams)

Onde? GP da Europa de 1997 (Jerez de la Frontera, Espanha)

A decisão do título de 1997 foi uma das mais incríveis de todos os tempos. Schumacher e Villeneuve foram para a corrida final separados por apenas 1 ponto. Só que as coisas ficaram ainda mais intensas depois da classificação. Villeneuve virou 1min21s072 e ficou com a pole. Aí, minutos mais tarde, Schumacher virou exatamente o mesmo tempo. Tornando tudo ainda mais inacreditável, Frentzen, companheiro de Villeneuve, fez marca idêntica ao dos dois. Três carros com o mesmo tempo. Neste caso, o canadense saiu na frente por ter marcado a volta antes.

06Maior velocidade máxima

O recorde: 372,6 km/h

Quem? Juan Pablo Montoya (COL / Williams)

Onde? GP da Itália de 2005

O GP da Itália teve uma sequência de recordes de velocidade nos primeiros anos do século. Em 2005, lá estava Montoya (sim, ele que fez a volta com maior velocidade média, como você viu lá em cima) de novo para uma nova marca: a maior velocidade já atingida por um carro de F1 em um fim de semana de corrida: foram 372,6 km/h. É muito mais do que um avião comercial precisa para decolar.

07 Menor margem de vitória

O recorde: 0s09 (diferença entre os três primeiros)

Quem? Peter Gethin (GBR / BRM), Ronnie Peterson (SUE / March) e François Cevert (FRA / Tyrrell)

Onde? GP da Itália de 1971

A F1 teve algumas grandes chegadas, mas nenhuma se compara ao GP da Itália de 1971, que teve cinco carros chegando praticamente juntos. Peter Gethin venceu com apenas 0s01 de vantagem para Ronnie Peterson, enquanto François Cevert chegou a 0s09 do britânico. E mais: Mike Hailwood foi o quarto, a 0s18 distante do vencedor da prova, e Howden Ganley foi quinto, também no mesmo segundo de Gethin: 0s61 atrás. Tá bom pra você?

A linha de chegada do GP da Itália de 1971
A linha de chegada do GP da Itália de 1971© Popperfoto
08 Carreira mais curta

O recorde: 800 metros

Quem? Marco Apicella (ITA / Jordan)

Onde? GP da Itália de 1993

Muitos pilotos disputaram apenas uma corrida na vida, mas Marco Apicella levou isso a um nível diferente no GP da Itália de 1993. Correndo em casa, o italiano ganhou uma chance da Jordan na vaga de Thierry Boutsen, que decidira se aposentar. Sua carreira durou uma curva. Foram pouquíssimos segundos até um acidente envolvendo cinco carros na largada. Apicella, que estava entre eles, abandonou e nunca mais correu.

Fonte: Red Bull


Seu apoio é importante, tornando-se um assinante você está contribuindo para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio! Duna Press Jornal e Magazine, mídia livre e independente trabalhando a informação com ética e respeito ao leitor. Notícias, oportunidades e negócios, seu portal nórdico em português.

Assinatura Anual

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »