fbpx
Esportes

“Será difícil nós vencermos a Ferrari no seco”, diz Verstappen 

Compartilhar

O vencedor do Grande Prêmio da França, Max Verstappen, não conseguiu mais do que P4 no Treino Livre 2 do fim de semana do Grande Prêmio da Hungria – com o piloto holandês lançando sérias dúvidas sobre se a Red Bull poderia levar a luta para a Scuderia em condições secas em Hungaroring.

Verstappen terminou em segundo lugar para Carlos Sainz no TL1 no início da tarde de sexta-feira na Hungria, terminando a apenas 0,130s do espanhol. Mas um TL2 mais desafiador – durante o qual ele reclamou de oscilações que chamou de “uma piada” em seu Red Bull RB18 – viu Verstappen levar o P4, 0,283s do líder Charles Leclerc, e também mais lento que Lando Norris e Sainz.

“Um pouco complicado, como esperado por aqui”, disse Verstappen no final da sexta-feira. “Apenas tentando encontrar um equilíbrio entre a alta e a baixa velocidade. Às vezes funcionou um pouco melhor, às vezes um pouco mais complicado, mas um pouco de trabalho a fazer”.

“Acho que [a Ferrari] está um pouco à nossa frente”, acrescentou. “Acho que será difícil para nós superar isso. Mas acho que da noite para o dia vamos tentar diminuir a diferença o máximo que pudermos e ver o que o tempo nos dará também amanhã… Acho que no seco não podemos competir, então talvez na chuva possamos, quem sabe?”.

Questionado, enquanto isso, se ele ficou impressionado com o segundo lugar de Norris e McLaren no TL2, Verstappen respondeu: “Eles pareciam competitivos – mas, é claro, nosso principal alvo é a Ferrari”.

Sergio Perez parecia ter um momento mais difícil, não conseguindo ficar a seis décimos de Verstappen durante todo o dia, terminando em P6 e depois em P9 nas sessões de sexta-feira. Mas Perez parecia confiante em mudar as coisas para sábado, quando a chuva forte deve atingir Hungaroring.

“Foi um dia de tentar partes muito diferentes, para definitivamente ficar confortável com o carro”, disse Perez. “Acho que tivemos uma boa ideia, uma boa compreensão do dia, então espero que amanhã possamos mostrar o que aprendemos hoje… mas certamente a Ferrari parecia muito forte hoje”.

“Acho que há uma boa compreensão dos dias de hoje. Só temos que juntar tudo para amanhã”, acrescentou Perez. “Acho que [a Ferrari] é definitivamente muito rápida. Espero que, amanhã, um pouco de chuva – para que as coisas possam ser um pouco mais confusas. Espero que amanhã possamos estar lá em cima”.

Fonte: Fórmula 1


Seu apoio é importante, tornando-se um assinante você está contribuindo para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio! Duna Press Jornal e Magazine, mídia livre e independente trabalhando a informação com ética e respeito ao leitor. Notícias, oportunidades e negócios, seu portal nórdico em português.

Assinatura Anual

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »