fbpx
News

Com Inverno Curitiba, setor de turismo bateu recordes em julho

Compartilhar

Julho foi um mês de recordes para o setor de Turismo em Curitiba. Depois de dois anos de queda do movimento de visitantes por conta da pandemia, os números voltaram a crescer e até mesmo superaram os de 2019, antes da chegada da covid-19.

Hotéis, centros de eventos, agências e empresas de receptivos e que prestam serviços na área comemoram a retomada e já preveem um desempenho excepcional também para o Natal desse ano na capital.

O avanço da vacinação, a diminuição das restrições de circulação por conta da covid-19 e a programação Inverno Curitiba 2022, da Prefeitura, explicam o crescimento do número de turistas na capital.

“Julho superou todas as previsões, mostrando que o trabalho que a Prefeitura vem fazendo para promover a cidade como um destino turístico está dando certo. Tivemos uma aceitação muito grande do Inverno Curitiba, que trouxe uma série de atrações e contribuiu para ampliar a permanência do visitante na cidade”, diz Tatiana Turra, presidente do Instituto Municipal de Turismo

Ela destaca que os preparativos para a programação de fim de ano já começaram. “Estamos elaborando, com muita dedicação, uma ampla programação para o Natal, que deve trazer, mais uma vez, uma experiência inesquecível para os nossos visitantes”, afirma. 

Curitiba vem se consolidando como um dos principais destinos de Inverno do País e está entre os dez mais procurados por turistas estrangeiros.  

Inverno Curitiba 2022, realizado entre 15 de junho e 31 de julho, contou com mais de 45 dias de atrações nas áreas de gastronomia, música, arte e lazer. A 39ª Oficina de Música de Curitiba foi realizada, pela primeira vez, no inverno e foi um dos destaques da temporada.

Centro Histórico

Sondagem realizada pela Rede Empresarial do Centro Histórico – que reúne lojas, bares e restaurantes da região – mostra que o volume de turistas cresceu 35%, representando 42% do público desses locais em julho. “O faturamento cresceu 70% em relação a 2021 e 40% na comparação com 2019, que é a nossa referência de normalidade”, diz Jorge Tonatto, presidente da rede.

Na rede de hoteis Mabu, a média de ocupação foi de 85%. “Foi um resultado espetacular, superamos nossa meta em 144%, graças não apenas aos turistas de lazer, mas também aos de business, com mais de 29 eventos corporativos”, afirma Luciano Motta, diretor de vendas da rede.

Passeios

Linha Turismo, que percorre 26 atrativos turísticos da cidade, teve 25.003 passageiros pagantes em julho, 33% mais do que os 18.761 registrados em julho de 2019.

A Serra Verde Express, que opera trens na Serra do Mar, registrou recorde de passageiros no mês, segundo o diretor da empresa, Adonai Aires de Arruda Filho. “Tivemos o melhor mês da história, superando em 17% o recorde anterior, que havia sido em janeiro de 2019”, afirmou ele. Foram 36 mil passageiros no mês, que utilizaram os trens da empresa para viajar entre Curitiba e Morretes.

“A cidade está muito bem cuidada e o turista tem tido uma experiência muito favorável. O clima em julho ajudou e tivemos resultados muito bons, com reserva antecipada em 75% dos casos”, completou Bernardino Silva Fuentes, da Andes Operadora de Viagens e Turismo e a da Tur e JulyTur Agência de Turismo e Receptivo.

Fonte: Prefeitura de Curitiba


Seu apoio é importante, tornando-se um assinante você está contribuindo para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio! Duna Press Jornal e Magazine, mídia livre e independente trabalhando a informação com ética e respeito ao leitor. Notícias, oportunidades e negócios, seu portal nórdico em português.

Assinatura Anual

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »