fbpx
News

Palmas: Saiba quais são os cuidados necessários para não sofrer com o tempo seco

Compartilhar

Sangramento nasal, desidratação, rachadura nos lábios e pés são os principais sintomas nesse período.

Agosto é um dos meses mais quentes e secos em Palmas, mesmo com alta incidência de ventos. Em razão disso, muitas pessoas apresentam alguns sintomas como sangramento nasal, desidratação, rachadura nos lábios e pés e, em determinados casos, até doenças respiratórias. Por isso, a Secretaria Municipal da Saúde da Capital (Semus) alerta a população para que tome alguns cuidados e não sofra tanto neste período de seca. 

O médico da Estratégia da Saúde da Família da Semus, Gabriel Monteiro, explica que a baixa umidade do ar faz com que ocorram algumas alterações no organismo, como a diminuição da transpiração corporal. Dessa forma, as extremidades do corpo ficam ressecadas e ásperas como se fossem uma lixa, o que causam as rachaduras. Esse ressecamento também acontece no nariz, o que aumenta as chances de ter sangramento nasal (principalmente após cutucar ou retirar a sujeira). Além do incômodo causado, essas rachadelas são fonte de infecção bacteriana, especialmente nos pés, pelo fato de estarem mais próximos da terra, podendo até causar outras doenças secundárias na pele. 

A hidratação adequada diariamente é fundamental nesse período. “A recomendação é beber 35 ml de água para cada quilo. Logo, para uma pessoa de 70kg, tem que beber em torno de 2,4 litros de água por dia”, ressalta Monteiro. O uso do ar condicionado também pode ser um amigo nesse período porque refresca o ar e somado ao umidificador de ar, toalhas molhadas ou bacias cheias d’água deixam o ambiente mais úmido. 

Segundo a médica especialista em dermatologia da Semus, Carolina Isac Cecílio, também existem outras formas de minimizar o ressecamento. “O excesso de banho é ruim, o ideal é que tome um ou dois banhos por dia e bem rápidos, de preferência com água morna ou fria, o uso de bucha deve ser abolido porque pode agredir ainda mais a pele e sabonetes antissépticos também devem ser evitados”, esclarece.

A dermatologista orienta que o uso do hidratante corporal deve ser utilizado logo após o banho com a pele ainda úmida, para que o produto seja absorvido e tenha eficácia, e só então passar o óleo hidratante (este último é opcional). O uso de hidratante labial também é um item indispensável e em relação aos pés, além da hidratação, o ideal é que não seja lixado nenhuma vez e que as pessoas deem preferência para sapatos fechados com meias de algodão. 

Atenção 

Por serem mais sensíveis ao clima seco e mais suscetíveis à infecções respiratórias e urinárias, é necessário ter uma atenção redobrada com bebês, crianças e idosos. Alguns grupos como hipertensos e diabéticos também merecem um cuidado especial. 

Os sinais de desidratação podem ser identificados ainda em casa, como tosses, coceira no nariz, espirros, garganta seca, falta de ar, lábios rachados, olhos vermelhos e irritados, pele seca e áspera e sede. Em bebês, também é possível sentir a moleira afundada e em idosos, pode ocorrer até confusão mental.

Água, sucos e chás são boas opções para hidratar de forma rápida. E para aliviar o desconforto nasal, recomenda-se a lavagem com soro fisiológico várias vezes ao dia e também o uso de inalações. “Em caso de dúvida, sinais e sintomas preocupantes, busque uma unidade de saúde mais próxima ou seu médico de confiança”, reforça Monteiro. 

Fonte: Prefeitura de Palmas


Seu apoio é importante, tornando-se um assinante você está contribuindo para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio! Duna Press Jornal e Magazine, mídia livre e independente trabalhando a informação com ética e respeito ao leitor. Notícias, oportunidades e negócios, seu portal nórdico em português.

Assinatura Anual

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »