fbpx
News

Elon Musk diz que acordo com Twitter pode avançar

Compartilhar

Condição é empresa fornecer prova de contas reais.

Elon Musk disse que, se o Twitter puder fornecer seu método de amostragem de 100 contas e como confirmou que as contas são reais, o acordo para comprar a empresa por 44 bilhões de dólares deve prosseguir nos termos originais.

“No entanto, se os registros da SEC (órgão que regula o mercado de capitais nos EUA) forem materialmente falsos, então não deve”, escreveu Musk no Twitter no início deste sábado (6).

Em resposta a um usuário do Twitter perguntando se a Securities and Exchange Commission (SEC) estava investigando “alegações duvidosas” da empresa, Musk escreveu: “Boa pergunta, por que não estão?”.

O Twitter se recusou a comentar o tuíte quando contatado pela Reuters.

O Twitter rejeitou na quinta-feira a alegação de Musk de que o bilionário foi enganado para assinar o acordo para comprar a empresa de mídia social, dizendo que ela era “implausível e contrária aos fatos”.

“De acordo com Musk, ele – o bilionário fundador de várias empresas, assessorado por banqueiros e advogados de Wall Street – foi enganado pelo Twitter para assinar um acordo de fusão de 44 bilhões de dólares. Essa história é tão implausível e contrária aos fatos quanto parece”, diz o documento divulgado pelo Twitter na quinta-feira (3).

Fonte: Agência Brasil


Seu apoio é importante, tornando-se um assinante você está contribuindo para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio! Duna Press Jornal e Magazine, mídia livre e independente trabalhando a informação com ética e respeito ao leitor. Notícias, oportunidades e negócios, seu portal nórdico em português.

Assinatura Anual

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »