fbpx
Esportes

Hamilton se anima com sua temporada quando a Mercedes se aproxima dos primeiros colocados

Compartilhar

Lewis Hamilton teve – por seus altos padrões – um começo de ano difícil, já que a Mercedes lutou para extrair ritmo de seu carro. Mas como as Flechas de Prata começaram a voltar para a frente, o heptacampeão mundial diz que está se animando com sua temporada de 2009 com a McLaren, que começou com resultados igualmente ruins, mas terminou com o britânico conquistando duas vitórias.

“O início do ano não foi terrível porque sempre poderia haver algo pior, mas apenas em termos de… eu diria que, do ponto de vista de um piloto, entender que este carro era… era tão confuso”, disse Hamilton, explicando as dificuldades da Mercedes no início da temporada. .

“Estávamos tentando tantas coisas diferentes, estávamos tentando avançar e não tínhamos confiança na máquina abaixo de você, principalmente na traseira. E isso realmente nos deteve um pouco”.

“Então, agora estamos em uma posição em que estamos começando a entender o carro um pouco mais, temos mais consistência chegando, estamos vendo mais consistência, nos deu uma pilotagem muito mais agradável”.

“Ainda falta desempenho em algumas dessas áreas, mas estamos chegando lá lentamente. Mas é como pequenos chips, constantemente apenas lascando”.

1242194435
O W13 não foi um carro fácil de desbloquear

Além dos resultados no papel, a Mercedes diminuiu a diferença nas tabelas de cronometragem para as equipes da frente, dando um claro passo à frente do meio-campo. Mas enquanto seu ritmo de corrida estava melhorando a uma taxa de desempenho, sua velocidade de volta única ainda faltava para Ferrari e Red Bull – até a Hungria, quando o companheiro de equipe de Hamilton, George Russell, conquistou uma impressionante pole position.

“Nós apenas temos que continuar pressionando. A cada fim de semana, esperamos chegar um pouco mais perto”, disse Hamilton, que é o único piloto na história da F1 a vencer uma corrida em todos os anos em que competiu. E depois de dois segundos lugares, aquela vitória indescritível em 2022 de repente não parece tão improvável no outono”.

Mesmo Hamilton, que admite abertamente possuir uma memória irregular quando se trata de sua própria história de corrida, começou a fazer comparações com suas lutas no início da carreira na McLaren em 2009:

“Lembro-me de entrar no carro em Portimão, acho que foi horrível de conduzir”, disse. “Foi o pior carro que eu dirigi, fora o motor era bom. Lembro-me das lutas daquele ano, qualificando-me em 15º ou o que quer que tenha sido na primeira corrida e depois continuando desmoronando”.

Campeonato Mundial de Fórmula 1
2009 foi um ano complicado para Hamilton – mas que ainda o viu registrar duas vitórias em corridas

“Este ano, no início de uma temporada, muito, muito semelhante quando estávamos em fevereiro sentados na sala… tínhamos muito desempenho no carro, muita confiança, tipo, sim, o carro vai ser bom e então você entra na coisa e estava saltando e levamos muito tempo para consertar isso”.

“Mas eu diria que essa experiência é… é impressionante ver um grupo de pessoas continuamente não desistindo. Acho que não demos esse grande passo que demos em 2009 [ainda]. Não vamos desistir, vamos ficar no pedal do acelerador”.

Enquanto Hamilton não conseguiu vencer em Budapeste como fez com a McLaren em 2009, terminar em segundo é um bom trampolim para o resto da temporada. Ele voltou a vencer naquela conturbada temporada de 2009, em Cingapura… O que não está muito longe, depois da primeira rodada tripla de Spa-Zandvoort-Monza, que inicia a segunda metade da temporada.

Fonte: Fórmula 1


Seu apoio é importante, tornando-se um assinante você está contribuindo para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio! Duna Press Jornal e Magazine, mídia livre e independente trabalhando a informação com ética e respeito ao leitor. Notícias, oportunidades e negócios, seu portal nórdico em português.

Assinatura Anual

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »