fbpx
News

Tablets na escola: aparelhos facilitam aprendizagem de conteúdo de Matemática em Vitória

Compartilhar

Com os tablets entregues pela Prefeitura de Vitória (PMV), os professores das 103 unidades de ensino da rede pública da capital podem ampliar as possibilidades de aprendizagem, inovando na maneira de ensinar, acompanhando o mundo digital. Na Escola Municipal de Ensino Fundamental em Tempo Integral (Emef TI) Moacyr Avidos, que fica na Ilha do Príncipe, os novos equipamentos já estão sendo utilizados para tornar a aprendizagem atrativa e moderna.

A professora Jeane Tomaz Oliveira trabalhou com 42 estudantes de duas turmas do 8º ano em uma atividade que envolveu os conteúdos de volume e capacidade, os sólidos geométricos, que fazem parte do currículo da disciplina de Matemática. Utilizando o aplicativo Google Sala de Aula, que já vem instalado no tablet, foram realizados dois jogos com o objetivo de diagnosticar os conhecimentos prévios dos estudantes sobre o tema e ainda trabalhar questões práticas do cotidiano, em que as unidades de medidas, grandeza e volume são utilizadas.

Reunidos em duplas para favorecer a troca de experiências e trabalho em equipe, os estudantes uniram esforços para resolver os problemas apresentados nos jogos. A estudante Andressa Andrade contou que utilizar o tablet em sala de aula foi uma experiência única. “Foi muito bom usar o tablet, parece que ele tornou a matemática menos complicada, facilitou bastante na hora de resolver a atividade”, disse.

Para os estudantes Kaique Santos e Enzo Aguiar, os novos aparelhos tornam as aulas mais efetivas e atrativas, uma vez que o conteúdo fica mais dinâmico do que quando utilizam leitura e transcrição nos cadernos. “Ficou muito mais fácil de entender o conteúdo! Na mesma hora em que fazia a atividade, já sabia se havia acertado ou errado. Gostamos bastante, não temos que gastar tempo copiando e escrevendo no caderno e aprendemos mais”, disseram os estudantes.

Tecnologia e aprendizagem

Para a professora Jeane Tomaz Oliveira, que desenvolveu a didática com a turma, a atividade foi um sucesso absoluto. Ela ressalta que os novos aparelhos oferecem diversas possibilidades de ensino.

“Foi uma introdução sobre como poderemos utilizar os tablets em nossas aulas. A atividade foi essencial para mostrar aos estudantes os benefícios do uso das tecnologias na sala de aula, e como tais ferramentas podem ser facilitadoras no processo de ensino-aprendizagem”, explicou a professora.

Investimento na educação

A utilização de tablets na educação é uma inovação que vem para melhorar o ensino e a forma de aprender. Os estudantes a partir do 5º ano estão recebendo neste ano um tablet equipado com capa, película de proteção, cabo USB, carregador, fones de ouvido e um chip com dados móveis (6Gb) já instalado. Os estudantes do 1º ao 4º ano do Fundamental, além das crianças da Educação Infantil, têm acesso aos tablets em atividades nas unidades de ensino.

O investimento na compra dos tablets com internet é de R$ 25.598.700 e faz parte do Plano Vitória, com investimentos de R$ 1 bilhão, até 2024, anunciado pelo prefeito Lorenzo Pazolini. O Plano Vitória é fruto do ajuste fiscal e financeiro realizado pela atual gestão e prevê ações em educação, saúde, infraestrutura, mobilidade, urbanização, habitação, equipamentos esportivos e culturais e tecnologia.

Uso pedagógico

Os tablets possuem filtro de conteúdo, gerenciado remotamente via sistema com controle dos sites e aplicativos permitidos, conforme definição da Secretaria de Educação. A plataforma remota permite a instalação e remoção dos aplicativos, a liberação de acesso a sites, o bloqueio e rastreamento do equipamento em caso de furto ou perda, geração de relatório de uso, entre outras ações.

Os equipamentos chegam às mãos dos estudantes já com pacotes de dados de internet móvel, por meio de chips, para que possam acessar os conteúdos educacionais trabalhados em sala de aula, utilizar a plataforma AprendeVix (Google Sala de Aula), assistir às aulas virtuais, realizar as atividades propostas e muito mais.

O investimento integra uma política pública voltada para a socialização da cultura digital prevista nas Diretrizes Curriculares do Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos de Vitória.

Fonte: Prefeitura de Vitória


Seu apoio é importante, tornando-se um assinante você está contribuindo para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio! Duna Press Jornal e Magazine, mídia livre e independente trabalhando a informação com ética e respeito ao leitor. Notícias, oportunidades e negócios, seu portal nórdico em português.

Assinatura Anual

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »