fbpx
Arte

Fortaleza é selecionada para participar de projeto internacional com foco em mobilidade e resíduos sólidos

Compartilhar

Coordenado pela CAF e pela TUMI, o projeto selecionou três cidades: Bogotá, Cuenca e Fortaleza.

Representantes do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) e da Transformative Urban Mobility Initiative (TUMI) estiveram em Fortaleza na semana passada para iniciar os trabalhos do projeto “TUMI Data – Data for Sustainable Mobility”. A cidade foi uma das três selecionadas para esta fase piloto, juntamente com Bogotá, na Colômbia, e Cuenca, no Equador. A ideia do projeto é criar um hub de dados sobre mobilidade e economia circular. A parceria é coordenada pela Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova).

“A Prefeitura já tem uma parceria com o programa TUMI, que é o projeto Re-ciclo, que usa triciclos elétricos operados pelas associações de catadores para a coleta seletiva. É um projeto piloto inovador que ganhou um concurso de ideias na Alemanha e que vai estar brevemente rodando em várias áreas de cidade. Agora entramos numa segunda fase, que é o uso de dados para compreender melhor o processo e ajustar a política pública, tornando-a cada vez mais eficiente. É um grande painel de dados, de métricas e indicadores que serão desenvolvidos por especialistas, entendendo tanto os números que caracterizam o panorama de resíduos sólidos de Fortaleza e a mobilidade e o uso de triciclos elétricos”, explica Luiz Alberto Sabóia, presidente da Citinova.

A coordenadora do Laboratório de Inovação de Fortaleza (Labifor/Citinova), Taís Costa, destaca que, durante dois dias, foram realizadas visitas a ecopontos e associações de catadores, além de um workshop com as secretarias envolvidas na gestão de resíduos da cidade, como a Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), a Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), a Autarquia de Regulação, Fiscalização e Controle dos Serviços Públicos de Saneamento Ambiental (ACFor), e a Citinova.

“Tivemos momentos muito produtivos de como deve ser esse hub de dados. Estamos animados porque vamos coletar e integrar esses dados pela primeira vez. Temos a meta de tornar Fortaleza a cidade que mais recicla no País, então precisamos monitorar essas informações”, afirma Taís Costa.

Fonte: Prefeitura de Fortaleza


Seu apoio é importante, tornando-se um assinante você está contribuindo para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio! Duna Press Jornal e Magazine, mídia livre e independente trabalhando a informação com ética e respeito ao leitor. Notícias, oportunidades e negócios, seu portal nórdico em português.

Assinatura Anual
Assinatura Anual

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »