fbpx
Esportes

Red Bull “estava em outro planeta” em Spa, diz Sainz

Compartilhar

Carlos Sainz disse que a Ferrari fez tudo ao seu alcance para competir com a Red Bull em Spa-Francorchamps, acrescentando que a Scuderia deve melhorar seu ritmo de downforce antes de ir para a corrida em casa em Monza em duas semanas.

Largando da pole, Sainz liderou no início do GP da Bélgica após as penalidades de Max Verstappen no grid. Mas apesar do líder do campeonato largar em P14, ele venceu por uma margem confortável em uma dobradinha da Red Bull que deixou o espanhol em um distante P3.

“Acho que não deixamos nada na mesa hoje”, disse Sainz. “Nós simplesmente não éramos fortes o suficiente em comparação com eles; eles estavam em outro planeta neste fim de semana. Eles foram fortes na qualificação, fortes na corrida, melhores no gerenciamento de pneus, mais fortes nas retas, fortes nas curvas, em algumas delas, e não fomos rápidos o suficiente, infelizmente”.

“Acho que mentiríamos se não disséssemos que estamos surpresos, porque a diferença foi certamente muito maior, ou a maior que vimos em toda a temporada entre as duas equipes. E certamente é algo que não esperávamos, o que significa que precisamos voltar e analisar por que nesse tipo de pista somos tão fracos”.

“Ainda precisamos analisar, tirar algumas conclusões e tentar voltar com um pacote de baixa força aerodinâmica melhor para Monza, caso não sejamos tão fortes lá também”.

A Ferrari está agora 118 pontos atrás da Red Bull indo para Zandvoort, a corrida em casa de Verstappen, nos dias 2 e 4 de setembro. Sainz, no entanto, diminuiu a diferença para o companheiro de equipe Charles Leclerc, que terminou em sexto na Bélgica após uma penalidade pós-corrida, e o titular da pole disse que foi um “resultado decente” do seu lado.

“Eu estava esperançoso de que os seis a oito décimos [gap para Verstappen] que vimos na qualificação caíssem na corrida com uma pista mais quente. Talvez fosse mais otimista e esperançoso sobre minhas perspectivas para a corrida, mas infelizmente, se alguma coisa, isso fez a diferença ainda maior e estávamos deslizando ainda mais, tínhamos ainda menos aderência e retrocedemos mais rapidamente do que o esperado”.

“Como eu disse, precisávamos ficar em P3 porque neste fim de semana não havia muito mais a fazer e salvamos um resultado decente”.

Fonte: Fórmula 1


Seu apoio é importante, tornando-se um assinante você está contribuindo para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio! Duna Press Jornal e Magazine, mídia livre e independente trabalhando a informação com ética e respeito ao leitor. Notícias, oportunidades e negócios, seu portal nórdico em português.

Assinatura Anual
Assinatura Anual

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »