fbpx
Saúde

Toalha de banho molhada pode transmitir doenças respiratórias. Entenda

Compartilhar

Se você é uma daquelas pessoas que deixa sua toalha de banho molhada em cima da cama, no chão ou até mesmo no box do banheiro, precisa mudar seus hábitos.

Uma toalha molhada se torna o local perfeito para a proliferação de fungos e bactérias que são prejudiciais à saúde.

Veja o que especialistas em higiene dizem sobre o assunto e saiba como cuidar da sua toalha de banho.

Porque a toalha molhada faz mal para saúde?

A cada uso da toalha é comum que ocorra a transferência de fungos, bactérias e germes que estão hospedados em seu corpo.

Em entrevista para o site Business Insider Philip Tierno, microbiologista, patologista e professor da Universidade de Medicina em Nova York, informou que a toalha possui substâncias ideais para refugiar a vida microbiana. Como água, pH neutro, oxigênio, células mortas e temperaturas quentes, além de secreções anais, urinárias e salivares.

Quando você mantém sua toalha molhada a situação pode se tornar ainda pior, pois essa condição faz com que as bactérias se multipliquem.

Riscos de uma toalha molhada para sua saúde

O biomédico Roberto Figueiredo, mais conhecido como Doutor Bactéria, afirmou ao portal Metrópoles que a toalha de banho não deve ser compartilhada. Já que apresenta risco de transmissão de doenças respiratórias e de infecções sexualmente transmissíveis (IST).

Além disso, quando você empresta sua toalha ou pega a de alguém, outras transmissões de doenças podem ocorrer, como a dos piolhos pubianos e da escabiose, doença popularmente conhecida como sarna.

É importante ressaltar que os riscos não estão relacionados apenas com o compartilhamento da toalha. Pois a forma como você a armazena também pode ser responsável pelas doenças respiratórias.

Por exemplo, uma toalha exposta à poeira e a umidade pode apresentar ácaros e bolores (mofo). Essas condições, geralmente, estão relacionadas com as doenças respiratórias abaixo:

·         Asma;

·         Rinite;

·         Micose pulmonar;

·         Aspergilose.

Charles P Gerba, professor de Microbiologia e Imunologia da Universidade do Arizona, relatou em suas contribuições acadêmicas que a maioria das pessoas não lava as mãos de maneira correta. Por consequência, essas pessoas quando enxugam as mãos em uma toalha transferem bactérias para a peça.

Gerba também afirmou que de acordo com essas condições se uma pessoa após dois dias secar o rosto na toalha terá uma quantidade surpreendente de bactérias E. coli em seu rosto.

Como higienizar e cuidar da sua toalha de banho

Tanto o cuidado diário com a toalha quanto à higienização da peça é muito importante para minimizar os riscos citados acima.

Segundo matéria concedida para o site Organics News Brasil, por esses motivos, a microbiologista Maria Teresa Destro, professora aposentada da Universidade de São Paulo (USP), recomenda que a lavagem da toalha de banho aconteça uma vez por semana.

No entanto, Tierno e o Dr. Bactéria dizem que a lavagem da peça deve ocorrer com mais frequência ainda.

Na opinião de Tierno a cada três usos a toalha de banho precisa ser lavada. Já o Dr. Bactéria recomenda que a cada dois dias você faça a troca da sua toalha.

Maria Teresa também destacou que manter a toalha seca e em local arejado evita que bactérias, fungos e germes se proliferem.

Uma boa dica é criar o hábito de estender a sua toalha no varal, se possível num local ventilado, assim que você terminar de se enxugar. Com essa atitude, dificilmente você deixará a sua toalha molhada no chão ou na cama novamente.

E, se na sua casa não há nenhum local arejado, tenha em mente que a troca da sua toalha deverá ser feita em menos tempo. Pois a cada uso é fundamental que a toalha esteja seca.

Print Friendly, PDF & Email

Vanessa Fagundes

Assessora responsável pelo blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.
Botão Voltar ao topo
Translate »