fbpx
Esportes

Norris espera um GP da Holanda “solitário” após se classificar em P7

Compartilhar

Lá onde fortunas contrastantes na tarde de sábado na McLaren, enquanto Lando Norris chegou ao Q3 em Zandvoort, o companheiro de equipe Daniel Ricciardo foi nocauteado no Q1 e alinhará em 17º no grid. E após a qualificação, os dois pilotos refletiram sobre suas diferentes performances.

Norris vai largar em sétimo, e o britânico ficou satisfeito com o resultado, pois admitiu que bater os Alpines de Esteban Ocon e Fernando Alonso – que se classificaram em 12º e 13º respectivamente – não era o que esperava no início da qualificação.

“Quero dizer, depois da minha primeira volta no Q1, eu não estava muito esperançoso porque estava muito longe daquele Alpine e assim por diante e parecia uma boa volta, então fiquei um pouco tipo ‘oh não’. admitiu Norris. “Então eu tive que forçar um pouco mais e tentar desbloquear um pouco mais do carro, o que acho que fiz e dei alguns bons passos à frente”.

“E, na verdade, de surpresa, terminamos em P7 à frente dos caras que esperávamos que fossem um pouco mais rápidos do que nós hoje. Então eu estava feliz com meu trabalho, um pequeno erro aqui e ali, mesmo na minha última volta, mas nada que pudesse mudar a posição, então um bom dia para nós”.

Norris também foi questionado sobre suas esperanças para a corrida de domingo, ao que respondeu: “Quero dizer, não quero ficar confiante porque [Alpine] está fora de posição. Eles foram mais rápidos do que nós durante todo o fim de semana, mesmo ontem estávamos em um modo de desempenho diferente em comparação com eles, mas eles foram mais rápidos durante todo o fim de semana. Sim, veremos”.

“Acho que teremos boas oportunidades. Dei a mim e a nós a melhor chance de marcar alguns bons pontos. Espero que os seis primeiros se afastem e espero que me deixem uma corrida solitária, que eu realmente esperaria amanhã. Mas há muitos carros rápidos atrás, incluindo Mick [Schumacher no P8]. A Haas pareceu rápida especialmente hoje, então não esperava uma corrida fácil, mas eu adoraria uma”.

Ricciardo, por outro lado, foi derrubado no Q1 pela terceira vez nesta temporada – ele largou em 12º no GP da Áustria depois de largar em 16º no Sprint – e o desapontado australiano ficou lamentando um problema na última curva que acabou precocemente com sua qualificação. sessão”.

“Na penúltima curva, eu acho que quem estava na minha frente, eles foram e colocaram uma roda na terra ou algo assim, então assim que eu saí da, chame de chicane, saca-rolhas, o que for, e eu estava olhando obviamente para o próximo ápice e pude ver apenas marrom em toda a pista”, disse Ricciardo.

“Muita sujeira e eu esperava que isso não afetasse a aderência, mas afetou e me custou cerca de três décimos, eu acho. Então essa foi a diferença, me colocando no Q1. Acho que a volta, estava tudo bem; não foi eletrizante, mas definitivamente foi bom o suficiente para continuar na qualificação, e acho que faltavam alguns décimos para encontrar”.

Ele continuou: “Na verdade, eu não acho que foi muito ruim, especialmente onde estávamos esta manhã, estávamos muito perdidos no TL3, coçando nossas cabeças. Estava na moda como se fosse melhor, mas um daqueles em que você não pode fazer muito”.

Fonte: Fórmula 1


Seu apoio é importante, tornando-se um assinante você está contribuindo para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio! Duna Press Jornal e Magazine, mídia livre e independente trabalhando a informação com ética e respeito ao leitor. Notícias, oportunidades e negócios, seu portal nórdico em português.

Assinatura Anual
Assinatura Anual

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »