fbpx
Esportes

Hamilton diz que manter seu recorde de vitórias em todas as temporadas ainda é um “grande objetivo”

Compartilhar

Lewis Hamilton, da Mercedes, disse em Monza que ainda pode manter seu recorde de ser o único piloto a vencer um Grande Prêmio em todas as temporadas de sua carreira – apesar de afirmar que não se importa em bater ou manter recordes na F1.

Hamilton desafiou por uma vitória na última vez em Zandvoort, enquanto a Mercedes tentava uma estratégia de uma parada que foi frustrada por advertências tardias, antes de Max Verstappen conquistar sua quarta vitória consecutiva. O britânico foi questionado se ele se preocupa em vencer uma corrida nesta temporada, como tem feito todos os anos desde sua estreia na F1 em 2007.

“Honestamente, não tem importância para mim, então estou grato que a cada ano, desde 2007, tivemos a oportunidade de vencer”, disse Hamilton em Monza. “Acredito que tenho chance este ano, ainda temos sete corridas pela frente, e ainda é um grande objetivo para nós como equipe voltar à frente e lutar pela liderança”.

“Eu realmente não pensei em [onde podemos ter uma chance de vencer]”, acrescentou. “Eu não tenho ideia de onde nosso carro vai ser ótimo. Foi uma surpresa quando entramos no carro na semana passada e o carro parecia muito melhor, completamente diferente do fim de semana anterior. Mas espero que, na maioria das vezes, pareça Budapeste ou a última corrida, pelo resto das corridas”.

“Não estou focado no recorde, mas é claro que estou tentando conseguir essa vitória este ano. Mas o recorde não é tão importante para mim porque eu realmente não me importo com os recordes em geral”, esclareceu Hamilton.

Alonso Hamilton Spa acidente.jpg
Hamilton está marcado para penalidades no grid na Itália; sua terceira unidade de potência está sendo examinada após seu acidente em Spa-Francorchamps

O heptacampeão mostrou-se otimista quando perguntado sobre suas chances de se apresentar em Monza, com as esperanças de Hamilton de serem prejudicadas, já que ele deve receber penalidades no grid para a corrida de domingo por ter adquirido uma nova unidade de potência.

“[Eu me sinto] tão bem quanto posso me sentir”, disse ele. “Claro, você sempre se sentiria melhor se viesse de uma vitória, mas ainda assim, temos feito muito progresso como equipe, diminuímos a diferença cada vez mais – pelo menos estamos diminuindo a diferença mais e mais – fim de semana após fim de semana”.

“Claro que não sabemos como será o carro neste fim de semana, se será ou não tão bom quanto na última corrida, vamos descobrir”.

“Meu terceiro motor que eu tinha, novo, em Spa, ainda está sendo trabalhado, então não posso usá-lo agora, então tenho que pegar um quarto. Isso é coisa minha. Ainda estamos esperançosos de que podemos usar ele mais tarde. Mas tenho que me recuperar da melhor maneira possível”, explicou Hamilton, aludindo aos danos que sua unidade de potência sofreu após uma colisão com Fernando Alonso na Bélgica.

Questionado se a Mercedes teria um desempenho melhor aqui do que em Spa-Francorchamps, Hamilton respondeu: “Não pode ser pior do que Spa, acho que não! Não, acho que aqui vai ser muito melhor”.

Fonte: Fórmula 1


Seu apoio é importante, tornando-se um assinante você está contribuindo para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio! Duna Press Jornal e Magazine, mídia livre e independente trabalhando a informação com ética e respeito ao leitor. Notícias, oportunidades e negócios, seu portal nórdico em português.

Assinatura Anual
Assinatura Anual

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »