fbpx
Esportes

Russell espera atacar Leclerc no início

Compartilhar

George Russell está esperançoso de levar a luta para Charles Leclerc no início do Grande Prêmio da Itália, mas acredita que alcançar a vitória será uma tarefa difícil – deixando Max Verstappen em uma “liga própria”.

Russell se juntará a Leclerc na frente do grid para a corrida de domingo em Monza, ganhando vagas devido a uma série de penalidades de motor e caixa de câmbio para nomes como Verstappen, Carlos Sainz, Sergio Perez e Lewis Hamilton.

Enquanto Sainz e Hamilton caem muito para trás, a dupla da Red Bull Verstappen e Perez cairão cinco e 10 lugares, respectivamente – e Russell duvida que ele ou Leclerc tenham ritmo para afastar o atual campeão mundial.

“Sabíamos que não poderíamos lutar com a Red Bull ou a Ferrari hoje, e só precisávamos garantir que tivéssemos um bom carro de corrida e nos classificamos à frente do meio-campo”, comentou Russell, acrescentando que e a Mercedes “atingiu nossos objetivos”.

“Farei o meu melhor para tentar superar Charles no início, mas Max vai estar em uma liga própria – provavelmente não vamos colocar muito foco nele. Acho que Charles é onde está nossa corrida. Nós [também] precisamos ver a rapidez com que Checo [Perez], Lewis e Carlos passam pelo pelotão”.

Hamilton deve largar na 19ª posição – Yuki Tsunoda da AlphaTauri é o único piloto atrás dele – tendo assumido uma nova unidade de potência após sofrer danos em sua colisão com Fernando Alonso no Grande Prêmio da Bélgica.

No entanto, o sete vezes campeão do mundo prometeu abraçar o desafio pela frente, dizendo: “Você sempre tem que tentar abordá-lo – independentemente da situação – com o copo meio cheio”.

“Não tenho ideia do que podemos fazer amanhã. Pode ser – na pior das hipóteses – ficar para trás e seguir todos durante toda a corrida. O melhor que pode acontecer é chegarmos ao top 10 e conseguir alguns pontos – esse tem que ser o objetivo”.

“Cometi o erro que me colocou nesta posição de ter que ter um novo motor e vou usar a experiência para trabalhar apenas no meu ofício de corrida – precisa de trabalho! algumas boas ultrapassagens amanhã, se eu puder”.

Desde 2014, a Mercedes conseguiu pelo menos um pódio em todos os GPs da Itália menos em 2020, com sua última vitória em Monza sendo entregue por Hamilton em 2018.

Fonte: Fórmula 1


Seu apoio é importante, tornando-se um assinante você está contribuindo para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio! Duna Press Jornal e Magazine, mídia livre e independente trabalhando a informação com ética e respeito ao leitor. Notícias, oportunidades e negócios, seu portal nórdico em português.

Assinatura Anual
Assinatura Anual

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »