fbpx
News

Curitiba: Rede municipal de ensino atende 333 estudantes com altas habilidades

Compartilhar

A rede municipal de ensino de Curitiba tem 333 estudantes com altas habilidades/superdotação atendidos nos Centros Municipais de Atendimento Educacional Especializado (CMAEEs) e nas salas de recursos especiais.

Esse número foi possível com a abertura, no início deste ano, de 15 novas salas de recursos para atendimento de crianças e estudantes com altas habilidades/superdotação, em todas as dez regionais. O número foi quadruplicado desde 2021.

Um dos estudantes que se destacam nesse atendimento é Caio Manera da Silva, matriculado no 4º ano do Ensino Fundamental na Escola Municipal Elevir Dionísio (Fanny). Ele frequenta o CMAEE da Matriz há um ano, desde o retorno do formato presencial de ensino. A mãe, Thaís, conta que o Caio é muito amoroso e se preocupa com tudo, o que o deixa ansioso.

“O atendimento tem ajudado muito a controlar essa ansiedade, ele se envolve em projetos pedagógicos e isso concentra a atenção dele. A interação social também está melhorando bastante, inclusive começou a se interessar por esportes, o que não ocorria antes”, relata Thaís.

Na escola, Caio é fã de Ciências. “É o assunto preferido dele, ele acha incrível aprender como as coisas acontecem, mas vai muito bem em tudo, na matemática, na escrita”, completa a mãe.

Segundo a diretora do CMAEE da Matriz, Andréia da Luz, o Centro, localizado na Rua do Rosário, atende atualmente 40 estudantes com altas habilidades, do total de 160 alunos da unidade.

O atendimento educacional especializado, realizado no contraturno escolar, está disponível nas unidades da rede municipal de ensino de manhã e à tarde.

Sondagem

A secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, explica que a estratégia de ampliação desse tipo de atendimento surgiu a partir de um grande levantamento iniciado no ano passado em todas as unidades.

O Departamento de Inclusão e Atendimento Educacional Especializado (DIAEE) da secretaria faz a triagem dos novos estudantes que serão atendidos. Segundo a diretora do DIAEE, Gislaine Coimbra Budel, a sondagem em busca desse público é feita durante todo o ano. “A qualquer momento os professores podem nos enviar o formulário, que será analisado pela equipe especializada do DIAEE”, explicou Gislaine.

O que é um CMAEE?

O Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado oferta avaliação diagnóstica psicoeducacional e atendimento terapêutico-educacional nas áreas de pedagogia especializada, reeducação auditiva, reeducação visual, psicologia, fonoaudiologia, fisioterapia e serviço social a estudantes com necessidades educacionais especiais, matriculados prioritariamente em escolas e creches municipais ou que residam em sua área de abrangência.

O DIAEE oferece 15 modalidades de atendimento, o que inclui crianças e estudantes com Transtorno do Espectro Autista (TEA), transtornos globais do desenvolvimento, altas habilidades/superdotação, síndrome de Down, comprometimento motor, Transtornos Funcionais Específicos, entre outros.

Fonte: Prefeitura de Curitiba


Seu apoio é importante, tornando-se um assinante você está contribuindo para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio! Duna Press Jornal e Magazine, mídia livre e independente trabalhando a informação com ética e respeito ao leitor. Notícias, oportunidades e negócios, seu portal nórdico em português.

Assinatura Anual
Assinatura Anual

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »