fbpx
Esportes

“Safety Car veio na hora errada”, diz Perez

Compartilhar

Sergio Perez largou em 13º e terminou em sexto, atrás de Lewis Hamilton, em Monza. Depois, o piloto da Red Bull explicou que o Safety Car acabou com suas esperanças de ultrapassar a Mercedes – e por que a fumaça estava saindo de seu carro no início da corrida.

Perez se classificou em quarto lugar antes que as penalidades de grid fossem aplicadas e acabou indo para os boxes mais cedo, trocando seu conjunto inicial de pneus médios por duros na volta 7. Ele então mudou para macios na volta 42 com o objetivo de ganhar tempo e talvez conseguir um top cinco às custas de Hamilton.

Mas o mexicano aceitou que P6 era o “máximo” que ele poderia ter alcançado, dado o último Safety Car – chamado na volta 48 de 53 quando a McLaren de Daniel Ricciardo parou na pista – parando seu progresso.

“Acho que depois do que aconteceu no início da corrida, isso foi praticamente o máximo”, disse ele. “Infelizmente, acho que perdi as posições para Lewis porque senti que poderia ter ido até o fim com o pneu duro, mas também se fôssemos correr até o final com os macios, poderíamos tê-lo de volta, mas infelizmente o Safety O carro veio na hora errada”.

O carro de Perez já havia causado preocupação em seu primeiro pit stop, com o disco de freio da Red Bull emitindo fumaça e pequenas chamas que felizmente logo se dissiparam.

“Sim, basicamente meu disco dianteiro direito estava pegando fogo”, disse ele, “então lutamos e passamos algumas voltas com o disco dianteiro direito em chamas e então tive que trazê-lo [a temperatura do freio] de volta”.

“Então, quando eu estava com o pneu duro, tive que gerenciar massivamente os freios para garantir que eu pudesse trazê-los de volta”.

Combinado com a vitória do companheiro de equipe Max Verstappen, o resultado de Perez – que incluiu um ponto extra para a volta mais rápida – ajudou a Red Bull a ampliar sua vantagem de título para 139 pontos sobre a Ferrari, a equipe de azul esperando ganhar seu primeiro campeonato de construtores desde 2013.

Fonte: Fórmula 1


Seu apoio é importante, tornando-se um assinante você está contribuindo para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio! Duna Press Jornal e Magazine, mídia livre e independente trabalhando a informação com ética e respeito ao leitor. Notícias, oportunidades e negócios, seu portal nórdico em português.

Assinatura Anual
Assinatura Anual

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »