fbpx
News

Cidade Educadora: Curitiba sobe no ranking do Ideb entre as capitais

Compartilhar

Curitiba subiu da quarta para a terceira colocação entre as capitais no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) dos anos iniciais do ensino fundamental. O Ideb é o principal indicador da qualidade do ensino no País.

Os dados referentes a 2021 foram divulgados nesta sexta-feira (16/9) pelo Ministério da Educação.

Curitiba registrou Ideb de 6,0 nos anos iniciais e ficou à frente de grandes cidades, como Belo Horizonte (5,8), São Paulo (5,7) e Rio de Janeiro (5,8), e das duas outras capitais do Sul, Florianópolis (5,9) e Porto Alegre (5,2).

“Investimos na formação de nossos cidadãos, do nosso futuro e o resultado do Ideb confirma que estamos no caminho certo como cidade educadora que somos”, afirma o prefeito.

O Ideb mede a qualidade do ensino com base em dados sobre aprovação e desempenho escolar obtidos em provas de língua portuguesa e matemática do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), do Instituto de Pesquisa Anísio Teixeira (Inep).

A secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, lembra que as avaliações foram feitas em 2021, durante a pandemia da covid-19, quando as crianças ficaram reclusas e a rede precisou criar um modelo pedagógico para ensino à distância.

“A rede municipal de ensino não mediu esforços, não paramos um minuto sequer durante a pandemia, trabalhamos muito para levar aos estudantes o conteúdo curricular com videoaulas e kits educativos”, conta a secretária.

Além de Curitiba, duas capitais atingiram 6,0 ou mais de média no Ideb dos anos iniciais, meta estipulada pela Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE). Teresina teve 6,3 e Palmas 6,1. A média do Brasil foi de 5,5.

“Parabenizo, mais uma vez, todos os nossos profissionais, dedicados e competentes que pensaram nos seus estudantes, como poderiam levar o conteúdo até eles e como eles poderiam aprender. O resultado do Ideb mostra que as escolhas foram certas”, avalia a secretária.

Programas como Linhas do Conhecimento, Faróis do Saber e Inovação e Veredas Formativas fazem de Curitiba uma cidade educadora e referência em ensino público.

Investimentos

Com orçamento anual de R$ 1,5 bilhão, em média, a Secretaria Municipal da Educação promove investimentos nas esferas pedagógica, de infraestrutura e formação profissional que rendem frutos reconhecidos internacionalmente.

A qualidade da educação curitibana chamou a atenção do Massachusetts Institute of Technology (MIT) Media Lab, em Boston, Estados Unidos. O projeto Faróis do Saber e Inovação participou do Desafio Aprendizagem Criativa 2018, promovido pela Fundação Lemann e MIT Media Lab. Foi anunciado como um dos oito projetos selecionados no país – único na região sul – para integrar o programa de apoio técnico educacional oferecido pela instituição. Os investimentos em robótica – mais de R$ 1 milhão em novos kits de microduíno – são também destaque.

Fonte: Prefeitura de Curitiba


Seu apoio é importante, tornando-se um assinante você está contribuindo para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio! Duna Press Jornal e Magazine, mídia livre e independente trabalhando a informação com ética e respeito ao leitor. Notícias, oportunidades e negócios, seu portal nórdico em português.

Assinatura Anual
Assinatura Anual

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »