fbpx
News

Campo Grande: Prefeitura e grupo amor vida promovem intervenção artística em prol da campanha de prevenção ao suicídio

Compartilhar

Na manhã deste sábado (17), o viaduto Senador Italívio Coelho – entre a Avenida Afonso Pena e Avenida Ceará – foi momentaneamente interditado para marcar o projeto Ponte da Vida. A iniciativa foi idealizada pelo Grupo Amor Vida (GAV) em parceria com a Prefeitura de Campo Grande, a partir das inúmeras ocorrências de tentativas de suicídio naquele local. A ação de prevenção acontece dentro da campanha do Setembro Amarelo. 

A vice-coordenadora do Grupo Amor Vida, Cidinha Barbosa, explicou que o objetivo inicial era espalhar mensagens positivas ao longo das barreiras de contenção, junto do número de telefone de uma rede de voluntários do GAV para prestar o primeiro atendimento a essas pessoas. 

A inspiração veio da Coréia do Sul, que até 2013, o liderava o ranking de suicídios elaborado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento econômico (OCDE), e sua capital, Seul, tinha um ponto específico onde aconteciam muitas dessas fatalidades: a Ponte Mapo.

Uma importante marca nacional de eletrônicos decidiu então espalhar mensagens inspiradoras ao longo da construção, como “Vá ver as pessoas de quem você sente saudade” e “Os melhores momentos da sua vida ainda estão por vir”, iluminadas por luzes com sensores que acendiam durante a passagem de transeuntes. Com muita sensibilidade e orientação de profissionais de psicologia, o projeto deu resultados, e em apenas quatro meses os índices de suicídio na ponte foram reduzidos em 85%.

Cidinha contou que inicialmente levou a proposta ao presidente do GAV, Gerson Fraulob e recebeu o respaldo da instituição. Em seguida, procurou um representante da Câmara Municipal para propor um projeto de lei sobre o tema, que foi sancionado pela Prefeitura de Campo Grande.

“Tivemos a ideia de colocar placas, mas elas iriam se deteriorar com o tempo, então a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur) sugeriu que pintássemos as mensagens, porque o desgaste da pintura demora mais para acontecer. Foi uma parceria muito feliz, em prol da valorização da vida e para reforçar que ela vale a pena, mesmo em momentos difíceis. A verdade é que a pessoa não quer se matar, ela quer apenas se livrar da dor, e por isso o nosso lema de que ‘a dor compartilhada dóis menos’”, disse a vice-coordenadora.

O artista Ton Barbosa, nas primeiras horas da manhã de hoje – que já havia desenhado a bandeira de Campo Grande ao lado de duas araras no viaduto como parte do Projeto Cores & Vias – fez a pintura das mensagens, que foram posicionadas no asfalto da Avenida Ceará e na mureta do viaduto na Avenida Afonso Pena.

A prefeita de Campo Grande contou sobre o primeiro contato com o GAV, ainda em 2020, quando um dos representantes da entidade procurou o Executivo Municipal para ampliar a sua atuação com a ajuda do Poder Público. Após um convênio com a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), mais de 100 pessoas atendidas pelo telefone do Grupo foram redirecionadas para atendimentos gratuitos com psicólogos e para a Central de Atendimento ao Cidadão (CAC).

“Na Secretaria Municipal de Educação nós temos o Valorização à vida; na Secretaria Municipal de Assistência Social, também tem o Cuidando de Quem Cuida, e nós, enquanto município, também estamos sempre buscando novos caminhos. Temos agora monitoramento aqui, que cuida do viaduto 24 horas por dia, por meio de uma sala de inteligência na Agetran com 80 câmeras espalhadas pela cidade. Quando eles visualizam alguém passando pelo viaduto e percebe algum movimento suspeito, acionam de imediato os bombeiros”, explicou a Prefeita. 

Gerson Fraulob também fez um pronunciamento em nome do Grupo Amor Vida. “Nós precisamos entender que o suicídio é um processo, e não algo instantâneo. Um processo que vem de uma fragilidade do ser humano, que preexiste por conta de uma perturbação emocional. E entre diversos fatores, como espiritualidade e suporte familiar, a Organização Mundial da Saúde aponta a disponibilidade da ajuda, tanto por voluntários quanto nas redes de saúde, como um dos principais elementos de dissuasão do suicídio”, esclareceu o presidente do GAV. 

O secretário da Sectur, Max Freitas agradeceu pela oportunidade de ter a Prefeitura e as demais secretarias envolvidas no projeto Ponte da Vida. “A ação que vocês [equipe do GAV] estão fazendo, voluntariamente e gratuitamente, é o mais importante. É um pequeno gesto, de se doar à causa, mas que vale muito e que nos faz ter a certeza de que toda vida é importante”, pontuou. 

Também estiveram presente na ação a secretária municipal de Educação, Alelis Izabel; o coordenador da Rede de Atenção Psicossocial da Sesau, Eduardo Araújo; além da secretária adjunta da Sectur Clarice Benites. 

Fonte: Prefeitura de Campo Grande


Seu apoio é importante, tornando-se um assinante você está contribuindo para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio! Duna Press Jornal e Magazine, mídia livre e independente trabalhando a informação com ética e respeito ao leitor. Notícias, oportunidades e negócios, seu portal nórdico em português.

Assinatura Anual
Assinatura Anual

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »