fbpx
Esportes

Mbappé e Giroud brilham na vitória da França por 2 a 0 sobre a Áustria

Compartilhar

A França manteve vivas suas esperanças de permanecer na primeira divisão da Liga das Nações, com gols de Kylian Mbappe e Olivier Giroud garantindo uma vitória em casa por 2 x 0 sobre a Áustria nesta quinta-feira.

Mbappé fez um golaço antes de Giroud, de 35 anos, selar a vitória com um cabeceamento e se tornar o jogador mais velho a marcar um gol pela França.

Os campeões mundiais, que viajam para a Dinamarca no domingo, subiram para o terceiro lugar no Grupo 1 com cinco pontos em igual número de jogos.

A vitória teve um preço, no entanto, já que o zagueiro Jules Kounde e o goleiro Mike Maignan sofreram lesões, e podem se juntar a Karim Benzema, Hugo Lloris e Paul Pogba.

O técnico da França, Didier Deschamps, ficou satisfeito com o desempenho diante de uma multidão incomumente entusiasmada.

“Fizemos o que tínhamos que fazer”, disse o campeão mundial de 1998. “Nossas intenções foram boas, todos defenderam muito, há muitos pontos positivos. A mentalidade foi boa, foi um desempenho muito bom”.

Os anfitriões, que haviam perdido dois e empatado dois dos quatro jogos anteriores, saíram com todas as armas em punho no Stade de France.

Mbappé chutou para o canto superior no segundo minuto, mas o chute foi anulado por impedimento.

O remate de Aurelien Tchouameni de fora da área, após uma rápida combinação entre Antoine Griezmann e Mbappe, foi desviado pelo guarda-redes austríaco Patrick Pentz quando os Bleus aumentaram a pressã

O zagueiro Kounde se juntou a uma longa lista de lesões na França quando saiu mancando de campo com um problema muscular e Maignan foi substituído por Alphonse Areola no intervalo devido a um problema na panturrilha.

Mbappé atormentou a defesa austríaca com seu ritmo e abriu espaço para seus companheiros de equipe, Jonathan Clauss acabou perdendo um gol no início do segundo tempo.

Mbappé abriu o placar com uma finalização legal depois de vencer cinco zagueiros após um passe perfeito de Giroud.

Isso estimulou a Áustria a entrar em ação, mas faltou precisão na área e foi a França quem marcou novamente.

Giroud encontrou o fundo da rede aos 65 minutos após cruzamento de Griezmann para seu 49º gol pela seleção, dois a menos que o recorde nacional de Thierry Henry.

Giroud era 70 dias mais velho que Roger Marche quando marcou pela França contra a Espanha em 1959.

“Oliver merece, estou muito feliz por ele. Ele teve períodos difíceis com seu clube, mas sempre teve um bom desempenho conosco. Se eu o chamo, é para que ele possa marcar gols. E ele teve muitas oportunidades”, disse Deschamps ao L’Equipe.

O atacante do Milan foi substituído por Ousmane Dembele para aplausos de pé da torcida do Stade de France, deixando Deschamps, que só convocou Giroud na ausência de Benzema, com uma decisão complicada antes da Copa do Mundo de novembro.

“Não coloque palavras na minha boca. Eu não disse que ele estaria lá. Há competição para todas as posições e só posso levar 26 jogadores”, disse Deschamps.

Fonte: Reuters


Seu apoio é importante, tornando-se um assinante você está contribuindo para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio! Duna Press Jornal e Magazine, mídia livre e independente trabalhando a informação com ética e respeito ao leitor. Notícias, oportunidades e negócios, seu portal nórdico em português.

Assinatura Anual
Assinatura Anual

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »