Esportes

“Sempre estarei com a Mercedes”, diz Hamilton ao se abrir sobre o que um oitavo título significaria para ele

Compartilhar

Lewis Hamilton deixou claro que não planeja parar de correr “tão cedo”, enquanto continua sua busca pelo que seria um oitavo Campeonato Mundial de Fórmula 1 recorde.

Hamilton, de 37 anos, fez recentemente sua 300ª largada em GPs em uma carreira na F1 que o viu conquistar o maior número de pole positions (103) e vitórias (103) de todos os tempos – enquanto igualava Michael Schumacher em sete títulos.

Apesar de perder por pouco a coroa em 2021 e não poder lutar pelas honras gerais nesta temporada devido às dificuldades da Mercedes, o britânico sente que está em ótimas condições e ainda tem muito apetite para adicionar às suas conquistas.

Questionado sobre seus planos para além de 2023 e se ele teve alguma conversa com a Mercedes, Hamilton disse: “Durante anos, estamos dando voltas, para cima e para baixo, com histórias de aposentadoria e paradas. Para mim, me sinto mais saudável do que nunca, pois me concentro muito nisso – estou me sentindo em forma. Eu amo o que estou fazendo e não pretendo parar tão cedo.

“Meu objetivo sempre foi estar com a Mercedes. Eu amo que temos a longa parceria que temos. Sinto que estamos embarcando em muitas coisas realmente positivas, não apenas no esporte, mas fora dele. Acho que há muito trabalho, muito para realizarmos juntos, então quero fazer parte disso”.

“Acho que sempre estarei com a Mercedes até o dia da minha morte. Sinto que posso correr por um pouco mais de tempo, então estarei potencialmente indo para isso”.

Como tal, Hamilton tem como objetivo aumentar sua contagem de títulos mundiais daqui para frente – mas enfatizou que “elevar” as pessoas ao seu redor e causar impacto em sua fundação Mission 44 é de igual importância.

Sobre a tarefa à frente e o que significaria ter sucesso, Hamilton disse: “Com certeza, é um desafio. Para mim, é apenas ganhar mais um Campeonato Mundial. [Com] cada um, eu o encarei como o meu primeiro, e a sensação de vencer o Campeonato Mundial é tão única e especial à sua maneira”.

“Claro, a ideia de que nenhum piloto na história passou dos sete, você quer tentar fazer isso. Mas eu acho que – à medida que você envelhece – você percebe que a jornada é a parte mais importante e o passeio que você faz com todas as pessoas, e todas as pessoas que você traz com você, e todas as pessoas que você tenta elevar…”.

“Há uma oportunidade de elevar muitas pessoas, não apenas em sua equipe, mas com o trabalho que estamos fazendo, com a Missão 44 – há um cenário muito maior para isso. Mas do ponto de vista pessoal, ganhar mais um título mundial continua sendo um objetivo. Ficarei muito orgulhoso de poder fazer isso por esta equipe”.

Fonte: Fórmula 1


Seu apoio é importante, tornando-se um assinante você está contribuindo para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio! Duna Press Jornal e Magazine, mídia livre e independente trabalhando a informação com ética e respeito ao leitor. Notícias, oportunidades e negócios, seu portal nórdico em português.

Assinatura Anual
Assinatura Anual

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »