fbpx
News

São Paulo recebe diploma de Capital Verde Ibero-americana 2022

Compartilhar

Trata-se do reconhecimento pelos avanços da cidade rumo ao fortalecimento e a consolidação das áreas verdes.

A cidade recebe o título “São Paulo Capital Verde l Ibero-americana”, concedido em reconhecimento pelos avanços da cidade rumo ao fortalecimento e a consolidação das áreas verdes e da biodiversidade urbana do município. A entrega será feita durante a 3ª Reunião promoverá a 3ª Reunião do Comitê de Cidades Sustentáveis e Resilientes da União de Cidades Capitais Ibero-americanas (UCCI) nos dias 27, 28 e 29 de setembro.

A abertura acontecerá a partir das 9 da manhã, na Sala do Conservatório da Praça das Artes, onde estarão presentes o Prefeito e a Secretária Municipal de Relações Internacionais.

“A Prefeitura continua firme com o compromisso de cuidar da questão ambiental. Temos 48,18% da nossa área de cobertura vegetal, então podemos afirmar que São Paulo vem dando exemplo para o mundo e é por isso que agradecemos esse título e continuamos com a nossa missão”, disse o prefeito.

Dentre projetos e parcerias internacionais que a cidade tem firmado nos últimos anos com redes internacionais, estão: Cidades e Governos Locais Unidos (CGLU), que Marta Suplicy presidiu, em 2004; Fundação Ellen MacArthur, que tem se debruçado na difusão de projetos voltados à Economia Circular, sendo que São Paulo tem sido considerada estratégica, ao lado de Nova York e Londres e com a ONU, nas questões ambientais e habitacionais.

“A UCCI representa a união dos povos ibero-americanos. Temos parceria sólida com esta rede, que nos possibilita realizar nosso Relatório Anual de Localização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que agora finalizamos a segunda etapa em cooperação com Buenos Aires e cidade do México”, explica a secretária.

Os chefes de governo das cidades membro da UCCI participarão de painéis nos quais serão apresentadas e debatidas experiências municipais com a finalidade de propor recomendações para soluções a problemas comuns às cidades ibero-americanas.

A agenda conta com painéis técnicos com foco em resiliência climática e sustentabilidade, visitas técnicas a equipamentos públicos da cidade, dinâmicas de debate na perspectiva ibero-americana. No último dia, haverá o encontro de encerramento do projeto de cooperação integral coordenado por São Paulo, “Economia Circular enquanto mecanismo inovador de implementação da Agenda 2030”, bem como o lançamento do Chamado à Ação em Economia Circular e a discussão do documento-síntese da reunião do Comitê.

Durante a XIX Assembleia Geral da UCCI, em novembro de 2021, a Cidade de São Paulo conquistou o título de Capital Verde Ibero-americana de 2022, que foi estabelecido pela UCCI em 2005, para reconhecer as políticas de governos locais que busquem fortalecer e consolidar as áreas verdes e a biodiversidade urbana, como base para avançar na direção de uma cidade sustentável e de obter a presidência do Comitê Setorial de Cidades Sustentáveis e Resilientes.

Verde

O título se dá pelas conquistas da cidade de São Paulo no âmbito do verde. Segundo dados da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente (SVMA), em 2022, cerca de 27,7 milhões de pessoas visitaram os parques municipais, dos quais nove foram revitalizados este ano. Já foram produzidas 836,2 mil mudas nos três viveiros municipais e a meta é alcançar 1,1 milhão, assim como o plantio de 45 mil árvores até dezembro. Foram atendidos na cidade 4.482 animais silvestres.

“É com muita alegria que recebemos o título de Capital Verde Ibero-americana. Nossa atuação está voltada para a preservação e ampliação de áreas verdes para a população. Sete novos parques foram entregues desde 2017 e pelo menos mais cinco serão inaugurados até o fim da gestão. Uma cidade com crescimento sustentável garante um futuro melhor e mais resiliente”, afirma o Secretário do Verde e do Meio Ambiente, Eduardo de Castro.

Ao longo de 2022, como Capital Verde Ibero-americana, São Paulo lançou Plano de Ação Municipal da Agenda 2030, promoveu a Virada ODS com a proposta de popularizar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), agenda aprovada por 193 países-membros da ONU em 2015, e que é executada pela administração municipal em diversas ações.

Além disso, participou como cidade coordenadora e associada de projetos de cooperação integral da UCCI, lançou o curso “Monitoramento e Avaliação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável em Cidades Ibero Americanas” e está elaborando Plano Municipal de Redução de Riscos, importante instrumento de planejamento de combate aos efeitos negativos das mudanças climáticas e dos desastres naturais.

Fonte: Prefeitura de São Paulo


Seu apoio é importante, tornando-se um assinante você está contribuindo para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio! Duna Press Jornal e Magazine, mídia livre e independente trabalhando a informação com ética e respeito ao leitor. Notícias, oportunidades e negócios, seu portal nórdico em português.

Assinatura Anual
Assinatura Anual

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »